SALVADOR ► Hospital Roberto Santos ganha novas alas - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

terça-feira, 9 de maio de 2017

SALVADOR ► Hospital Roberto Santos ganha novas alas

Equipamento médico garante um diagnóstico mais precisoLuciano da Matta l Ag. A TARDE

O governador Rui Costa inaugurou, nesta segunda-feira, 8, duas novas alas no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), no Cabula, em Salvador. O chefe do Executivo estadual aproveitou a ocasião para entregar à população local uma base comunitária de segurança e intervenções urbanísticas.

Com um investimento de aproximados R$ 14 milhões, o Estado implantou no hospital uma unidade de terapia intensiva (UTI) neurológica com 10 leitos, em uma área de 307 metros quadrados, além de um centro de diagnóstico por imagem com dois tomógrafos de 256 canais.

De acordo com o governador, a entrega de ambas unidades faz parte do processo de modernização do hospital, que deverá passar por reforma completa no futuro. Rui prevê que haverá um aumento no número de cirurgias no HGRS, o que ajudará a desafogar outras alas da unidade de saúde.

“A reforma continua. Vamos ampliar o número de serviços neste hospital, que é o maior do estado”, adiantou o governador. “O hospital será completamente reformado, ala por ala, até alcançar a modernização completa do prédio” afirmou.

Imagem

A ala de imagem será operada pela Rede Brasileira de Diagnóstico, por meio de uma parceria público-privada (PPP). Segundo informações da Secretaria de Comunicação Social do Governo, a unidade terá capacidade para realizar cerca de sete mil exames por mês.

Segundo o titular da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), Fábio Vilas-Boas, este é o maior centro de diagnóstico por imagens do Norte-Nordeste do país, contando com equipamentos que permitirão a realização de exames de alta complexidade nas áreas de cardiologia e neurologia.

“Este centro de bioimagem possui os equipamentos mais modernos existentes, tanto no setor privado quanto na área pública”, garantiu o gestor. “Com isso, vamos poder detectar doenças congênitas do coração com mais precisão”.

A UTI será dedicada a atendimentos pré e pós operatórios, além de atender a casos de hemorragia cerebral por hipertensão ou aneurisma e pacientes em coma, com enfermagem, quarto de isolamento, vestiário e sala de entrevista.

Intervenções

O governador também falou sobre as intervenções realizadas no entorno do hospital, que recebeu pavimentação, praça, parque, quadra poliesportiva e equipamentos de ginástica, “para melhorar a vida da comunidade, pois a rua no fundo do hospital não tinha sequer asfalto”.

Além disso, a rua 25 de Maio recebeu uma base comunitária de segurança, com um efetivo de cerca de 60 policiais militares, além de seis viaturas.

Sob o comando da 23ª Companhia Independente de Polícia Militar (23ª CIPM), a nova unidade atenderá às localidades de Narandiba, Cabula VI, Doron e ainda o Saboeiro.

Publicidade

Publicidade

Post Bottom Ad

JPG 728x90