SALVADOR ☼ Movimento é tranquilo no ‘Dia D’ de vacinação contra gripe - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

sábado, 13 de maio de 2017

SALVADOR ☼ Movimento é tranquilo no ‘Dia D’ de vacinação contra gripe

Três salas foram disponibilizadas para vacinação no multicentro de Amaralina 
Mila Cordeiro | Ag. A TARDE

No Dia de Mobilização Nacional da Campanha de Vacinação contra a Influenza, cerca de 3.600 postos abriram as portas neste sábado, 13, na Bahia, para imunizar a população contra a gripe. Somente em Salvador, mais 220 pontos funcionaram em diversas áreas da capital. 

Postos de saúde, supermercados, escolas, creches, associações, igrejas, terminal rodoviário e estações de transbordo vão atender a população até as 17h.

O movimento começou fraco no multicentro de Saúde do bairro de Amaralina, no início da manhã, mas foi aumentando conforme as horas passavam. A unidade disponibilizou três salas para vacinação, duas para adultos e uma para crianças.
Há contraindicação para alérgicos a ovo e pessoas que usam corticoides

Márcia Sena, coordenadora do multicentro de Saúde do bairro de Amaralina

A médica Ana Cristina, 50 anos, disse ter ficado surpresa com a fila vazia neste sábado, quando aproveitou o dia de folga para se vacinar junto com o marido.

“Pensei que estaria cheio, mas me surpreendi. A vacina incomoda um pouco, mas nada que chegue a preocupar”, disse a profissional de saúde, logo após a imunização.

A coordenadora do multicentro, Márcia Sena, informou que a média de vacinação na unidade é de cerca de 1.200 por dia. Para agilizar o atendimento, ela informa que a unidade ampliou o número de salas para imunização contra a influenza.

“Essa unidade tem muita procura, por atender diversas localidades vizinhas. Por isso, aumentamos a quantidade de salas”, explicou. “A iniciativa da secretaria, de abrir no sábado, visa justamente atender quem não pode durante a semana e, por consequência, se aproximar da meta”, disse.

A meta dos órgãos de saúde é imunizar, no estado, cerca de 3,6 milhões de pessoas do público-alvo, entre idosos a partir dos 60 anos, crianças de seis meses a menores de 5 anos, gestantes, mulheres que tiveram bebês nos últimos 45 dias, profissionais de saúde, detentos e professores.

Sena orienta as pessoas a procurarem a vacinação antes de serem acometidas pela gripe, pois, segundo explica, há contraindicação do Ministério da Saúde para pessoas já enfermas.

“Pessoas já com gripe e febre devem esperar os sintomas passarem. Há contraindicação para alérgicos a ovo e pessoas que usam corticoides”, alertou.

Procura

Segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), até a última quinta-feira, pouco mais de 20% do público havia procurado os postos, o que representa mais de 813 mil pessoas. Em Salvador, apenas cerca de 60 mil das 673 mil que formam o público-alvo havia se vacinado.

Para chegar mais próxima da meta, a Secretaria Municipal de Saúde abriu postos de saúde neste sábado, além de instalar pontos de vacinação em supermercados, escolas, igrejas, shopping, no terminal rodoviário e nas estações de transbordo.

Publicidade

Publicidade

Post Bottom Ad

JPG 728x90