BAHIA ☼ A profissão de baiana de acarajé será incluída na Classificação Brasileira de Ocupações - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

terça-feira, 13 de junho de 2017

BAHIA ☼ A profissão de baiana de acarajé será incluída na Classificação Brasileira de Ocupações

A profissão de baiana de acarajé deverá ser inserida na lista de Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), documento que reconhece, nomeia, codifica e descreve as ocupações do mercado de trabalho brasileiro. 

O termo para viabilizar esta inclusão será assinado nesta sexta-feira (16), na sede da Superintendência Regional do Trabalho no Estado da Bahia (SRTE), no Caminho das Árvores.

A iniciativa contou com o apoio da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres Infância e Juventude (SPMJ), que promoveu reuniões com o Ministério do Trabalho para reivindicar que a solicitação das baianas fosse atendida. 

Taissa Gama, titular da SPMJ, comemorou a conquista. “Agora elas vão poder dizer qual é a verdadeira profissão que exercem. Essa não é apenas uma conquista das baianas, mas de Salvador e da Bahia”, afirmou. 

De acordo com a Associação das Baianas de Acarajé, Mingau e Receptivo da Bahia (Abam), em Salvador, a oficialização da profissão vai beneficiar cerca de 3.500 baianas de acarajé. “É uma reivindicação que já vinha fazendo desde 2009, depois que eu não pude me cadastrar como baiana de acarajé ao fazer o meu passaporte. Queriam que eu me cadastrasse como cozinheira, mas eu não sou, sou baiana de acarajé. A SPMJ foi quem nos ajudou a alcançar essa conquista”, pontuou Rita Santos, presidente da Abam.

Foto: Tatiana Azeviche/ Setur

Publicidade

Publicidade

Post Bottom Ad

JPG 728x90