CACHOEIRA ☼ Fogo simbólico que marca as comemorações do 2 de Julho deixa Cachoeira com destino a Salvador - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 30 de junho de 2017

CACHOEIRA ☼ Fogo simbólico que marca as comemorações do 2 de Julho deixa Cachoeira com destino a Salvador

Fogo Simbólico que marca a comemoração ao 2 de Julho sai de Cachoeira

O fogo simbólico que marca o início das comemorações da Independência do Brasil na Bahia deixou a cidade de Cachoeira, no Recôncavo do estado, na manhã desta sexta-feira (30). A tocha tem como destino Salvador, onde domingo (2) acontece o desfile de 2 de Julho, no centro da cidade.

O fogo simbólico foi aceso durante uma missa que reuniu centenas de fiéis, na manhã desta sexta-feira, na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, localizada em Cachoeira. O município foi o local onde começaram as lutas pela independência no estado. Durante a cerimônia, a tocha foi abençoada ao som do hino da Bahia.

"Cachoeira foi a primeira vila onde se iniciaram as lutas em prol da Independência do Brasil. Isso ocorrera no dia 25 de junho de 1822", contou o historiador Edvaldo Carneiro.

Conduzido por atletas, ex-atletas, soldados do Exército Brasileiro e personalidades baianas, o fogo deve percorrer cerca de 110 km até chegar em Salvador. Ainda nesta sexta-feira, as chamas passam por Saubara, Santo Amaro da Purificação e São Francisco do Conde, onde passa a noite. Por volta das 7h do sábado (1º), a caminhada recomeça e segue por Candeias e Simões Filho, até chegar à capital baiana.

A previsão é de que a tocha chegue à Salvador durante a tarde de sábado. O fogo simbólico será levado para o bairro de Pirajá, local onde, segundo a história, aconteceu a principal luta pela independência no estado.

Post Bottom Ad

JPG 728x90