CAMAÇARI ☼ Mães descobrem que têm que pagar módulo no primeiro dia de aula - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

Publicidade

Publicidade

quarta-feira, 28 de junho de 2017

CAMAÇARI ☼ Mães descobrem que têm que pagar módulo no primeiro dia de aula

Mães de alunos matriculados nos cursos que foram oferecidos pela Secretaria de Cultura de Camaçari em parceria com o Rotary Club Internacional de Camaçari procuraram a nossa redação desde o dia 19 de junho, data do início das aulas do curso de inglês, para reclamar da organização do curso.

De acordo com relatos das mães, em nenhum momento foram informadas que teriam que pagar pelo material didático, e acharam que o curso seria totalmente gratuito, conforme foi anunciado. “Quando minha filha chegou na Cidade do Saber pro primeiro dia de aula, soube que teria que pagar por um módulo de R$ 250! Eles não falaram nada com a gente no ato da matrícula, que teria que pagar. E agora? Vou ter que tirar minha menina do curso”, disse uma das mães indignada.

Outra queixa foi que a menina, uma adolescente de 15 anos, foi colocada em uma turma formada só por crianças, o que levou a crer que não foi feita uma separação por faixa etária, respeitando os níveis de aprendizado. “Eu não vou pagar nada, Elinaldo que tem dinheiro, ele que pague!”, disse outra mãe revoltada.

A nossa reportagem entrou em contato por telefone no mesmo dia em que recebeu a primeira reclamação (19/06) e posteriormente por e-mail com a assessoria de imprensa da Secult, que ficou de nos enviar uma nota esclarecendo os fatos, mas até esta terça-feira (27), nenhum esclarecimento foi emitido.

As inscrições para os cursos foram realizadas entre os dias 05 e 13 de junho por meio de distribuição de senhas, respeitando a ordem de chegada. Muitas mães madrugaram na fila para conseguir matricular seus filhos e acabaram tendo essa surpresa desagradável.

Post Bottom Ad

JPG 728x90