SALVADOR: Advogada é indiciada por racismo a funcionário de posto na Barra - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

segunda-feira, 12 de junho de 2017

SALVADOR: Advogada é indiciada por racismo a funcionário de posto na Barra

Uma advogada foi encaminhada à Central de Flagrantes, na noite do último domingo (11), após se envolver em uma discussão em uma loja de conveniência de um posto de gasolina da Rua Miguel Burnier, na Barra. De acordo com a Polícia Militar (PM), a mulher foi indiciada por injúria racial acusada de chamar um funcionário do local de “preto safado” e desacatar um policial. 

A dona do estabelecimento, Rosa Ferraz, explicou que a confusão começou porque um rapaz que não era cliente do estabelecimento queria utilizar o sanitário e a advogada teria intervindo a favor dele. “Eu disse: ‘Senhor, aqui existe uma norma que diz que o banheiro é só para clientes em consumo’. Ele disse: Você tem certeza que não vai me dar a chave? Olhe bem para minha cara, estou olhando para a sua. Eu já lhe marquei, vou lhe pegar”, defendeu ela ao G1.

Publicidade

Publicidade

Post Bottom Ad

JPG 728x90