SALVADOR ☼ Suspeito de balear capitão da PM durante assalto em Salvador tem retrato falado divulgado - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 30 de junho de 2017

SALVADOR ☼ Suspeito de balear capitão da PM durante assalto em Salvador tem retrato falado divulgado

A polícia pede que qualquer informação sobre o paradeiro dos criminosos seja denunciada por meio do Disque Denúncia, no telefone (71) 3235-0000. O anonimato é garantido pela polícia.
Suspeito de balear capitão da PM teve retrato falado divulgado pela polícia 
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O homem suspeito de balear o capitão reformado da Polícia Militar Adelmo Pereira Cardoso, de 54 anos, durante um assalto, na quinta-feira (29), em Salvador, teve o retrato falado divulgado pela Polícia Civil nesta sexta-feira (30). 

De acordo com informações da polícia, o desenho foi confeccionado pela Coordenação de Topografia, Modelagem e Desenho, do Departamento de Polícia Técnica (DPT), com base nas informações obtidas com testemunhas ouvidas durante as investigações.

Além de ser PM reformado, Adelmo trabalha na equipe de segurança do cantor Léo Santana. A assessoria do artista informou que ele e os empresários dele prestam assistência ao capitão.

Segundo a polícia, o homem apontado pelas testemunhas aparenta ter 20 anos, é magro, tem olhos pretos e possui entre 1,65m e 1,70m. No dia do crime, o suspeito usava uma bermuda de tactel, camiseta, boné e sandália.

Conforme a polícia, além dele, outro homem participou da ação, mas não foi identificado. O suspeito dirigia o carro usado no crime e ficou dentro do veículo no momento em que o comparsa abordou o capitão. A arma do PM, que foi levada durante o assalto, ainda não foi encontrada.

A polícia pede que qualquer informação sobre o paradeiro dos criminosos seja denunciada por meio do Disque Denúncia, no telefone (71) 3235-0000. O anonimato é garantido pela polícia.

De acordo com a polícia, o capitão foi baleado no momento em que saía de casa, no bairro de Marechal Rondon, para ir à academia. Adelmo foi atingido no queixo e foi socorrido por um vizinho para o Hospital do Subúrbio. Em seguida, o PM foi transferido para um hospital particular. Ele não corre risco de morte.

Post Bottom Ad

JPG 728x90