E.C. VITÓRIA ☼ Alexandre Gallo 'quebra' a cabeça para montar time que pega o Palmeiras - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

Publicidade

Publicidade

sábado, 15 de julho de 2017

E.C. VITÓRIA ☼ Alexandre Gallo 'quebra' a cabeça para montar time que pega o Palmeiras

Fillipe Soutto é opção para o meio (Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)
Mais um jogo, mais um time. O técnico Alexandre Gallo passou o dia matutando para decidir que armas vai usar para conseguir vencer o Palmeiras, domingo (16), às 11h, no Allianz Parque, em São Paulo. Isso, no entanto, não é uma missão inédita para o treinador. Com nove jogos à frente do Leão, ele não repetiu a escalação uma única vez. 

Agora, no entanto, a situação está mais difícil para o técnico. Desta vez, além de seguir sem poder escalar o volante Willian Farias, já que o capitão do time distendeu o ligamento do joelho, e o artilheiro Kieza, que marcou 12 gols na temporada e se recupera de cirurgia no ombro, Gallo terá novas dores de cabeça. Só na zaga, são três desfalques, incluindo a dupla titular. Estão fora do jogo Ramon, que lesionou a coxa, além de Fred e Kanu, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, Wallace foi regularizado e vai jogar.

Para montar as 11 peças do quebra-cabeça, o técnico precisa pensar bastante. Eis as opções: a primeira delas é manter Renê Santos como primeiro volante, já que o atleta é um dos únicos disponíveis com característica de marcador, e promover o retorno de Alan Costa ao lado de Wallace na zaga. Vale lembrar que o camisa 4 jogou apenas uma partida desde que Gallo assumiu o Leão, justamente na estreia do treinador, com derrota por 2x0 para o São Paulo. Depois disso, saiu do time e, em algumas partidas, nem no banco de reservas ficou.

Outra alternativa é colocar Fillipe Soutto de primeiro volante. Ele já supriu essa função no jogo contra o Botafogo e agradou bastante ao técnico. Com isso, Renê poderia formar dupla de zaga com Wallace.

Uma terceira opção é que Uillian Correia faça a função deixada por Willian Farias. No entanto, essa alternativa é mais improvável, já que Gallo explicou a não utilização do atleta na rodada passada, diante do Vasco, justamente por ele não ter características adequadas para atuar nesse setor do campo.

DISPONÍVEL

Apesar da opinião do treinador, Uillian Correia se coloca à disposição. “O mais importante, acima de qualquer coisa, é o Vitória. Todos aqui querem o bem do clube e eu penso desta forma. É muito importante, agora, manter a união e, principalmente, a confiança para iniciar uma reação na Série A. Vamos dar a vida em campo para tirar o time da zona de rebaixamento”, afirmou. O Palmeiras vem de duas derrotas seguidas, para Cruzeiro e Corinthians.

O Vitória precisa mesmo reagir. O time é o 18º colocado e marcou apenas 12 pontos dos 39 disputados, um aproveitamento de 30,7%.

Post Bottom Ad

JPG 728x90