SALVADOR ☼ Após denúncias de consumidores, supermercado é notificado no bairro de Amaralina - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

Publicidade

Publicidade

sábado, 15 de julho de 2017

SALVADOR ☼ Após denúncias de consumidores, supermercado é notificado no bairro de Amaralina

Fiscais da Vigilância Sanitária (VISA/Salvador) juntamente com a Delegacia de Defesa do Consumidor (DECON) deflagraram uma operação no supermercado Atakarejo, em Amaralina, na manhã desta sexta-feira (14/7). Cerca de 20 quilos de frios foram retirados das prateleiras e inutilizados durante a vistoria por não conterem identificação e rotulagem.

Mais de 130 peças de salgados, além de tortas, pudins, pães e bolos também foram descartados por não terem a data de validade especificada em sua rotulação. No total, sete autos de infração foram emitidos ao supermercado por falta de higiene, estrutura física inadequada, falta de identificação de produção, embalagens inadequadas, má conservação dos alimentos e ausência da data de validade em alguns produtos.

“A ação foi motivada por denúncias da população. As principais irregularidades que encontramos estavam na área de panificação do estabelecimento. Muitos alimentos de fabricação própria estavam sem data de validade especificada, mal embalados e sem o rótulo que contém as informações do produto. Imediatamente efetuamos o descarte dessas mercadorias para que isso não causasse danos à saúde do consumidor”, contou Sara Souza, fiscal de controle sanitário da VISA Salvador.

Além disso, amostras dos alimentos foram recolhidas pela DECON para análises microbiológica (verificar contaminação por microorganismos, como a salmonela), de rotulagem (verificação da composição do produto), microscopia (para detectar corpos estranhos no alimento e se há indícios de fraude), análise sensorial (verificar cor, textura e odor) e análise físico-químico (deterioração e alteração na cor).

Para denunciar irregularidades nos estabelecimentos comercias da capital baiana o cidadão pode entrar em contato com a vigilância sanitária através do telefone 156.

Post Bottom Ad

JPG 728x90