SALVADOR 🎬 Após uma pequena pausa, o Teatro Gamboa reabriu na quarta (05), com muitas atrações - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 7 de julho de 2017

SALVADOR 🎬 Após uma pequena pausa, o Teatro Gamboa reabriu na quarta (05), com muitas atrações

Localizado no Largo dos Aflitos-SSA, acaba de completar 43 de anos de existência. Destes, são comemorados também os 10 anos de execução do projeto Teatro Gamboa Nova, inaugurado em 02 de julho de 2007.

Para comemorar, na galeria Jayme Fygura, a exposição que exibe trabalhos artísticos que ocuparam as capas dos programas do Teatro na última década. 

Ainda no mês de julho, o Teatro recebe diversas atrações, com destaque especial para o protagonismo feminino, tema recorrente na programação do espaço nos últimos meses.

O projeto conta com o apoio do Governo da Bahia, Fundo de Cultura, através do edital Ações Continuadas.

Confira os detalhes (release completo em anexo)

Exposição de aniversário (gratuito)
Gamboa 43 anos - 10 Anos de Boa Nova
de 05 a 30/07 - qua a sab (16h às 20h) e dom (15h às 17h)
Um apanhado afetivo das principais imagens dos nossos programas desde 2007, realizadas por parceiros em recortes individuais ou em séries, que demonstram um pouco destas conexões visuais sempre valorizadas na história do Teatro nos últimos 10 anos.
Classificação Livre

Cine gamboa (gratuito)
Levanta a Cabeça - Claudya Costta
antes dos espetáculos com autorização prévia das produções (a partir do dia 05)

Onde impera a cultura machista e patriarcal também reina a violência contra a mulher. Partindo deste ponto, este é um videoclipe dedicado às mulheres. Violência, leis, empoderamento feminino, são temas que envolvem o novo single da cantora.
Classificação Livre

Cine especial (gratuito)
Enrolado na Raiz (lançamento público)
exibição + bate-papo com a diretora Camila Caracol e comunicadoras negras
26/07 - 19hEm 25 de julho é celebrado o Dia Nacional da Mulher Negra. A data foi instituída inspirada no Dia da Mulher Afro-Latina-Americana e Caribenha, criado como um marco internacional da luta e resistência da mulher negra no mundo. Para marcar esta data, exibimos a produção mineira que mostra mulheres de origens distintas, falando como o racismo atua em diversos aspectos sociais de suas vidas.
23 minutos - Classificação Livre

Teatro

Nenhuma Carta - Larissa Lacerda- R$ 20,00 e R$ 10,00
27, 28 e 29/07 - qui,sex e sab - 20h
30/07 - dom - 17h
O espetáculo nasce como uma celebração ao poeta baiano Alexandre Coutinho, falecido em 2013. A partir da morte do seu amigo, a atriz/performer/pesquisadora Larissa Lacerda lança mão de lapsos, erra diante das memórias e de uma narrativa estilhaçada pelo presente, para refletir sobre ausência, solidão, morte, e, inevitavelmente, sobre amor e amizade. 

Classificação 14 anos

Coisas Belas - R$ 20,00 e R$ 10,00
12, 13, 14, 15, 19, 20, 21, e 22/07 - qua a sab - 20h
16 e 23/07 - dom - 17h
Com Deusi Magalhães, Ismael Marques e Nildson Veloso, sob a direção de Fabrício Torres, a peça se passa num bar em que uma cantora ensaia para sua apresentação, até que é surpreendida por um encanador que ficou preso no estabelecimento, concertando defeitos nas tubulações. 

Classificação 14 anos

Minha irmã - Cia Total de Teatro - R$ 20,00 e R$ 10,00
05, 06, 07 e 08/07 - qua a sab - 20h
09/07 - dom - 17h
Novo trabalho do grupo, com referências expressionistas, mostra a relação conturbada entre duas irmãs, num recorte de tempo de um amanhecer. Contudo, o que torna essa madrugada diferente das demais é a situação criada e o que está por vir. 
Classificação 13 anos

Post Bottom Ad

JPG 728x90