SALVADOR ☼ Promotora desabafa sobre falta de servidor e problemas no judiciário baiano - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

sexta-feira, 28 de julho de 2017

SALVADOR ☼ Promotora desabafa sobre falta de servidor e problemas no judiciário baiano

A promotora de Justiça do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-Ba), Isabel Adelaide de Andrade Moura comentou, na manhã desta sexta-feira (28), sobre a decisão do juiz baiano Icaro Almeida Matos, da 1ª Vara Criminal Especializada de Salvador, sobre uma revista íntima que aconteceu no Complexo penitenciário da Mata Escura. A decisão do juiz absolveu uma mulher que tentou entrar no Complexo com um celular na vagina. O juiz citou que a revista foi “vexatória” e aconteceu “sem a observância de direitos fundamentais”.

"Ele (o juiz) é extremamente justo, respeitado e humano, é uma decisão polêmica. Muita coisa a gente precisar discutir. Muita coisa precisamos ponderar e a questão da criminalidade perpassa por um contexto histórico e que é extremamente complexo", avaliou em entrevista concedida ao apresentador José Eduardo, na Rádio Metrópole.

Enumerando as dificuldades do judiciário baiano, Isabel ressaltou a necessidade de melhorias no setor: "O aumento de vagas, a criação de presídios pode ser melhorado sim porque atende a esta demanda que a gente tem. Isso tudo são questões que devem ser debatidas. Já não fiz várias audiências por falta de servidor".

Publicidade

Publicidade

Post Bottom Ad

JPG 728x90