SALVADOR ☼ Segurança envolvido em assalto em shopping ordenou 'terror' em loja - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

segunda-feira, 31 de julho de 2017

SALVADOR ☼ Segurança envolvido em assalto em shopping ordenou 'terror' em loja

Matéria do Bocão News
Apresentado pela polícia na manhã desta segunda-feira (31), a 16ª Delegacia Territorial (DT/Pituba), o segurança Erick de Jesus, de 26 anos, é apontado como facilitador do assalto realizado nas Lojas Americanas do Salvador Shopping, na Avenida Tancredo Neves. Também apontado com integrante do grupo que assaltou a loja, Bruno Conceição Santos, 20, também foi apresentado nesta manhã. O crime foi praticado na noite de terça-feira (25).

Morador da localidade de Jaguaripe, em Cajazeiras, Erick teria articulado a investida criminosa e incentivou o uso de violência contra os funcionários da loja, conforme detalhou a delegada Maria Selma Lima, titular da 16ª DT. "Esse aqui (Erick) trabalha com o pessoal lá da loja e o que foi que ele fez, inclusive, ele disse para o outro: 'chega lá e toca o terror, que é pra eles darem a chave pra poder abrir o cofre'. Além de roubar as coisas da loja ainda roubaram as coisas pessoais dos funcionários", contou a delegada. "Ele chegou a tomar uns tapas de araque", relatou Maria Selma. O segurança dispertou suspeitas ao detalhar um retrato falado diferente das demais testemunhas que foram ouvidas na delegacia. 

Um dos envolvidos que teria utilizado uma máscara do Homem-Aranha, identificado como Leonardo das Virgens Barbosa, vulgo 'Leo Macaco', se apresentou na delegacia pouco antes das 13h de hoje.

O ASSALTO

Passava de 23h quando o assalto foi praticado pelo grupo. Um suspeito que que circulava nas imediações do shopping com um veículo semelhante ao utilizado pelos bandidos (Chevrolet/Agile) chegou a se apresentar na delegacia para negar participação. Segundo a delegada Maria Selma, concidentemente, o carro utilizado no assalto tinha características iguais e placa clonada ao do motorista, que presta serviço ao Uber. 
Durante o assalto, o grupo quebrou o HD que continha as imagens das câmeras de segurança, com o intuito de destruir a prova que levasse ao segurança. Porém, a delegada afirmou que mesmo jogando o equipamento no chão, pisando e colocando dentro de um balde de água, as imagens foram recuperadas. 

Embora ter o nome associado à passagem por tráfico de drogas, Erick negou registro anterior na polícia. "Nunca fui preso. Nunca me envolvi com tráfico, furto, assalto e nunca usei drogas", disse o segurança, que trabalhava no centro comercial há 1 ano e meio com carteira assinada. Ele não detalhou o motivo da participação

Pouco depois, Erick afirmou que dentre os assaltantes conhecia apenas Bruno, com quem dividia o par de algemas na delegacia. Este, por sua vez, indagou: "Você me conhece através de quem, homem? Fica falando parecendo que me conhecia". Ambos se calaram. Ainda conforme a polícia, Bruno também trabalha de carteria assinada. 

Apesar da prisão preventiva decretada e ter a imagem divulgada pela polícia, o acusado escondeu o rosto durante a apresentação à imprensa. Apenas um notebook e aparelhos celulares foram recuperados até então. A dupla está à disposição da Justiça.

*Texto e fotos BocãoNews

Publicidade

Publicidade

Post Bottom Ad

JPG 728x90