ITAPARICA ☼ Ilha sediará evento internacional de canoagem ‘2ª Volta à Ilha de Itaparica’ - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

terça-feira, 8 de agosto de 2017

ITAPARICA ☼ Ilha sediará evento internacional de canoagem ‘2ª Volta à Ilha de Itaparica’

Nos próximos dias 11 e 12 de agosto, Itaparica sediará o evento internacional 2ª Volta à Ilha de Itaparica, considerada a maior disputa mundial de canoas polinésias, havaianas e va'a, em apenas um dia com revezamento de até nove atletas, percorrendo 80 km.

A largada, como em 2016, será na Praia do Forte de São Lourenço, fortificação construída no período da ocupação holandesa no município. Os atletas remarão pela costa da ilha, contornando a ponta de Cacha-Pregos pela contra costa, passando pela foz do Rio Jaguaripe, num contraste entre mangues e mar, imersos na vegetação predominante de restinga, com chegada no mesmo ponto de partida, no Forte de São Lourenço.

O campeonato será realizado pelo Clube de Canoagem Canoa Bahia, dirigido por Hamã Oliveira, e apoiado pela Prefeitura Municipal de Itaparica, através da Superintendência de Esportes da Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes.

Feira de artesanato, apresentação do DJ Cobra e shows de Eduardo Montanha, Baba de Moça, Nanda e Adão Negro completam a programação.

Programação

Dia 11 de agosto (sexta-feira)

14h – Pesagem das canoas e credenciamento das equipes – Praia do Forte de São Lourenço

19h – Feira de Artesanato – Mercado Municipal

20h – Show de Eduardo Montanha - Mercado Municipal

21h30 – Show de Baba de Moça - Mercado Municipal

Dia 12 de agosto (sábado)

06h – Cerimônia de Abertura – Praia do Forte de São Lourenço

07h – Inicio da prova – Praia do Forte de São Lourenço

14h – Apresentação do DJ Cobra – Praia do Forte de São Lourenço

14h – Chegada da prova – Praia do Forte de São Lourenço

19h – Feira de Artesanato – Belvedere do Mercado

21h – Show de Nanda – Praça do Mercado

23h – Show de Adão Negro – Praça do Mercado

Chegada da Canoa Havaiana no Brasil

No Brasil, a canoa havaiana chegou no final do ano 2000, em Santos, com a primeira canoa importada dos Estados Unidos e batizada de Lanakila, assim, a cidade se tornou um grande polo de bases de canoas.

Os clubes dedicados ao esporte promovem e incentivam a prática, com remadores em diversos perfis diferentes, com intuito de preservar a própria cultura e tradição polinésia.

Foto: Biz Comunicação

Publicidade

Publicidade

Post Bottom Ad

JPG 728x90