SALVADOR ☼ Articulação interna na Alba quer barrar acesso a jornalistas “no cafezinho” - Observador Independente

EM PAUTA

B2

Post Top Ad

banner gif 728x90

sábado, 5 de agosto de 2017

SALVADOR ☼ Articulação interna na Alba quer barrar acesso a jornalistas “no cafezinho”

Jornalistas podem ser impedidos de acessarem um dos espaços onde fervilham informações, muitas vezes impublicáveis, na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba): a antessala do plenário, mais conhecida como “sala do cafezinho”.

Líderes partidários tomaram a decisão de barrar a imprensa no local durante as atividades do segundo semestre. Inclusive, repórteres fotográficos foram avisados na reabertura dos trabalhos, dia 1º de agosto, que não poderiam mais acessar o espaço.

Contudo, o presidente da Casa, Angelo Coronel, em conversa com o BNews na noite desta sexta-feira (4) negou que tivesse dado alguma ordem aos seguranças. Porém, confirmou que houve pretensões. “Teve essa fumaça, mas não dei ordem nenhum. Eu sou uma pessoa da comunicação, como é que faria isso?”, reforçou. Mesmo assim, o presidente informou que verificará com o primeiro secretário da Casa, o deputado Sandro Régis (DEM), se há alguma proibição.

Desde 2015, quando parlamentares foram flagrados dormindo na “sala do cafezinho” em meio a uma sessão histórica, com 36 horas de duração, os pedidos para barrar jornalistas no local aumentaram. Fotos foram vazadas e constrangeram os parlamentares.

Mas vale ressaltar que tanto no Congresso Nacional (Câmara dos Deputados e Senado) quanto na Câmara de Vereadores de Salvador, a “sala do cafezinho” é liberada para jornalistas, devidamente credenciados, que colhem informações relevantes para nutrir um bom jornalismo.

Publicidade

Publicidade

Post Bottom Ad

JPG 728x90