ILHÉUS @ HOSPITAL COSTA DO CACAU REDUZ ESPERA POR CIRURGIA GERAL E ORTOPÉDICA - Observador Independente

BAHIA

15 de mayo de 2018

ILHÉUS @ HOSPITAL COSTA DO CACAU REDUZ ESPERA POR CIRURGIA GERAL E ORTOPÉDICA

Crédito da foto: Divulgação SESAB



O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, está aumentando a rotatividade dos procedimentos cirúrgicos na região. Inaugurada há cinco meses, a unidade já realizou 1.650 procedimentos, dos quais 623 foram ortopédicos, zerando a fila de espera para cirurgia de fratura.

Antes do funcionamento do HRCC, os usuários aguardavam aproximadamente cinco meses, nos casos de cirurgia ortopédica e até dois anos para a realização de cirurgia geral. Atualmente, eles aguardam apenas avaliação clínica para serem submetidos ao procedimento cirúrgico, o que requer, em média, uma semana.

Cláudio Moura Costa, diretor técnico do HRCC, explica que o hospital está realizando cirurgias eletivas nas especialidades de ortopedia e geral, serviços que não eram contemplados em outras unidades da rede pública de saúde da região. “A unidade não tem medido esforços para resolver a situação de algumas demandas existentes. Até o final do ano passado, tínhamos um déficit no atendimento cirúrgico na rede. Com o funcionamento do hospital Costa do Cacau, as cirurgias eletivas puderam ser retomadas”, enfatiza.

No caso da cirurgia geral, estão sendo realizados procedimentos de colecistectomia (cirurgia da vesícula), histerectomia (retirada de parte ou totalidade do útero) e cirurgia de hérnia epigástrica, inguinal e umbilical. A perspectiva é de que 75 cirurgias sejam feitas por mês. De acordo com Cláudio Moura, os serviços de alta complexidade prestados pela unidade são referência para a região e dispensam a transferência de pessoas para outros hospitais.

Os usuários atendidos no ambulatório da unidade são encaminhados pela regulação regional, via sistema Lista Única da Sesab.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas