SALVADOR @ Dono da Riachuelo e pré-candidato a presidente pelo PRB participa de evento na capital baiana - Observador Independente

BAHIA

2 de mayo de 2018

SALVADOR @ Dono da Riachuelo e pré-candidato a presidente pelo PRB participa de evento na capital baiana

 Crédito da foto reprodução 




Dono da Riachuelo e pré-candidato a presidência da República pelo PRB, o empresário Flávio Rocha participa do Movimento Brasil 200, nesta quinta-feira (3), em Salvador. Para um público formado por empresários, lideranças políticas e cidadãos interessados em escrever uma nova história de mudanças e oportunidades, Rocha participa do evento no auditório do Senai / Cimatec a partir das 19h, que contará ainda com a presença de Geraldo Rufino, ex-catador de latinhas que hoje fatura milhões com a JR Diesel, e outros convidados.

O movimento que tem o mote ‘Brasil 200 Independência para Todos’ pretende chamar a atenção da população para o retrato do país a partir de 1822 – quando houve o grito da independência do Brasil às margens do Rio Ipiranga- e projetar juntos um melhor futuro tendo como marco dos resultados das ações em 2022.

A agenda do evento que vem sendo programada para estar em todas as capitais brasileiras pretende promover a “mobilização da sociedade para que a classe política conheça as demandas da população e se comprometa com um país com proteção a vida, respeito à liberdade individual e à ordem pública, com ética, eficiência e transparência”. 

O movimento Brasil 200 tem como fundadores Flavio Rocha (Riachuelo); Geraldo Rufino (JRDiesel); Fernando Holiday ( vereador São Paulo); Arthur do Val ( Youtuber, Mamãe Falei); e conta com os empresários Antônio Carlos Pipponzi, presidente do conselho de administração da Drogasil; José Apolinário, proprietário da Polishop; Alberto Saraiva, proprietário da rede de fast-food Habib’s; e Roberto Justus, apresentador de televisão e diretor do grupo Newcomm, entre outros.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas