SALVADOR @ Quarteto suspeito de tentar roubar banco na Pituba é preso - Observador Independente

BAHIA

15 de mayo de 2018

SALVADOR @ Quarteto suspeito de tentar roubar banco na Pituba é preso

Quadrilha era de Mato Grosso e atuava em todo país / Crédito da foto SSP-Ba





Quatro suspeitos de participar de uma quadrilha de assaltantes de banco foram presos nesta segunda-feira, 14, no mesmo dia que eles tentaram roubar uma agência do Banco do Brasil, na Pituba, em Salvador. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o quarteto foi localizado em uma casa em Praia do Flamengo.

Evandro Fernando de França Dias, Alexandre Cosso Meza, Renan Cerilo Silva e Michel Pereira dos Santos, todos naturais do Mato Grosso, já eram investigados por equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Coordenação de Operações Especiais (COE) e do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil há três meses.

Os policiais apreenderam com eles furadeiras, lixadeiras, martelete profissional, brocas, marreta, talhadeira, discos de corte, luvas, luminárias, uma bloqueador de sinais de comunicação, avaliado em R$ 50 mil, e um veículo modelo HB 20.

O diretor do Draco, o delegado Marcelo Sansão, disse que essa quadrilha arrombava bancos em todo o Brasil. Um dos presos, Michel, já tinha um madado de prisão em aberto no Mato Grosso por roubos.

Durante o roubo desta segunda, o grupo invadiu a agência pelo teto. Eles também cortaram parte da fiação da unidade bancária, mudaram uma câmera de segurança de posição e desligaram a luz do equipamento. A situação chamou a atenção da equipe de segurança, que acionou a Polícia Militar. Contudo, os policiais chegaram os bandidos já tinham fugido.

Esse foi o 31º ataque a banco ocorrido este ano.


atarde
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas