IMPORTANDO MISÉRIA ALHEIA @ Capital de Roraima estima ter recebido 60 mil refugiados venezuelanos - Observador Independente

BAHIA

7 de junio de 2018

IMPORTANDO MISÉRIA ALHEIA @ Capital de Roraima estima ter recebido 60 mil refugiados venezuelanos

Crédito da foto Exército Brasileiro/Divulgação





A prefeitura de Boa Vista, em Roraima, decidiu fazer um mapeamento da população de refugiados venezuelanos na cidade, segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo. A administração não sabe até hoje quantos se estabeleceram no município fugindo do país vizinho.

Ainda de acordo com o jornal, a prefeita Teresa Surita (MDB-RR) diz que as estimativas variam de 3.000 (feitas por órgãos estrangeiros) a 60 mil, número com o qual ela própria trabalha. “Só nas escolas municipais temos 3.000 crianças venezuelanas matriculadas”, diz. 

Nas unidades de saúde já foram computadas 85 mil consultas médicas de refugiados. A gestora tem posição diferente do governo do estado, que defende o fechamento das fronteiras com a Venezuela. “Não é o caminho. Como não receber essas pessoas, que chegam aqui sem dinheiro, desesperadas?”, diz.

Ainda segundo a coluna, Surita vai inclusive cadastrar os refugiados para que recebam o cartão do SUS. Assim o atendimento de cada cidadão será reembolsado pelo Ministério da Saúde, aliviando as contas municipais.

O mapeamento será realizado no sábado (9) e vai mobilizar mil funcionários da prefeitura.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas