SANTO ANTº DE JESUS @ Paciente denuncia clínica Day Hospital por racismo contra marido negro; “chamaram a polícia” - Observador Independente

BAHIA

28 de junio de 2018

SANTO ANTº DE JESUS @ Paciente denuncia clínica Day Hospital por racismo contra marido negro; “chamaram a polícia”

Crédito da Foto: Ba Cidades



Ba Cidades


A cor da pele do marido da paciente de uma clínica virou alvo de denúncia. Segundo a mulher relatou nas redes sociais, enquanto ela estava no local, seu marido e filho, negros, foram abordados por supostos policiais chamados por uma funcionária. A unidade funciona como Day Hospital em Santo Antônio de Jesus, a 190 km de Salvador.

De acordo com a mulher, o caso ocorreu na tarde de quarta-feira (27/6). 
Meu esposo parou o carro na frente da clínica, me deixou e foi resolver alguma coisa com meu filho na rua. Logo depois, eles voltaram para a clínica e perguntaram na recepção onde ficava a ginecologia. Ela [a funcionária] informou e eles subiram,
contou a mulher.

Segundo ela, a atendente, além de ficar olhando para eles, perguntou quem era o homem negro. “Depois, meu esposo disse que ia descer para assistir o jogo. Assim que ele desceu, a funcionária perguntou: ‘E os dois rapazes?’ Falei que era meu esposo e meu filho. Ela retrucou: ‘Aquele escuro é seu esposo?’ Falei sim”, relatou.

A paciente detalhou ainda que, depois dos questionamentos, a funcionária saiu e ela entrou no consultório para atendimento. “Falei para a médica e ela informou que ‘ia reclamar e que isso não podia acontecer’”, contou.

Na recepção, a denunciante contou ao marido e ao filho o que tinha ocorrido, que eles foram alvo de racismo. 
Então ele me contou que chamaram a polícia e que foram abordados com arma e a cara na parede. Foram abordados como dois marginais. Estamos com nosso psicológico abalado. Foi muito triste,
desabafou.

A reportagem do BA Cidades, tentou falar com a direção da clínica, mas não obteve retorno.


Fonte: BA Cidades
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas