SANTO ANTº DE JESUS @ Presidente do Legislativo engaveta projeto de lei que diminuiria o IPTU 2018. - Observador Independente

Brasil

jueves, 14 de junio de 2018

SANTO ANTº DE JESUS @ Presidente do Legislativo engaveta projeto de lei que diminuiria o IPTU 2018.


Na entrevista acima, o vereador Chico de Dega explica a manobra sorrateira do presidente do Legislativo Municipal, Vereador Antônio Nogueira Neto para não colocar em votação a diminuição do IPTU/2018



Veja AQUI o Projeto de Lei; Veja AQUI a Nota da Prefeitura; Veja AQUI a matéria no Bocão News

***

Os vereadores Pedro de Teca (Presidente), Irmão Gerson, (Relator) e Marcos Có (membro), todos da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara, que é a Comissão que tem o poder de dar parecer contra ou a favor da diminuição do IPTU/2018, foram chamados por voltas das 11h40 à prefeitura para uma conversa com o prefeito Rogério Andrade. 

***

O arrocho no IPTU de 2018, proposto pelo prefeito Rogério Andrade (PSD) de Santo Antônio de Jesus, foi aprovado em novembro de 2017. Ao chegar às casas dos moradores da cidade, gerou um escândalo, abalando as contas de todos. Veja AQUI

Residências que pagaram Carnês de IPTU 2017 de R$ 60, 70, 80, sofreram aumento de mais de 400% de um ano para o outro. 

Empresários que pagavam até R$ 600, 700 por estabelecimento comercial de repente se viram com carnê de IPTU de 2018 cobrando até R$ 3 mil, e assim sucessivamente.

Insatisfeita, a população tem se manifestado nos sites, nas rádios e uma demonstração popular de insatisfação na porta da Câmara estava sendo organizada como forma de pressionar os vereadores a aprovarem a redução do IPTU 2018., o que acabou não acontecendo.

O vereador Chico de Dega, numa manobra inteligente e concordando com a população elaborou e deu entrada em um Projeto de Lei (PL), propondo abaixar as alíquotas do imposto como publicado na matéria anterior.

Contrário à redução do IPTU 2018, o presidente do Legislativo Municipal, vereador Antônio Nogueira Neto (TOM), sorrateiramente suspendeu a sessão que aconteceria na terça-feira, 12, e remarcou a sessão para esta quinta-feira, 14, o que ocorreu nesta manhã. 

Para surpresa de todos que aguardavam a leitura inicial do projeto de lei, o vereador TOM, presidente do Legislativo não colocou em pauta a proposição de diminuição do famigerado imposto. A sessão terminou sob protestos de lideranças, sindicalistas e pessoas do povo que estiveram na sessão.

O vereador Chico de Dega concedeu entrevista a este site e a várias rádios da cidade explicando a situação.

Os vereadores Pedro de Teca (Presidente), Irmão Gerson, (Relator) e Marcos Có (membro), todos da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara, que é a Comissão que tem o poder de dar parecer contra ou a favor da diminuição do IPTU/2018, foram chamados por voltas das 11h40 à prefeitura para uma conversa com o prefeito Rogério Andrade.