Integrante do 'Baralho do Crime', suspeito de liderar quadrilha envolvida em tráfico, homicídios e roubos na BA é preso em SP - Observador Independente

BAHIA

18 de julio de 2018

Integrante do 'Baralho do Crime', suspeito de liderar quadrilha envolvida em tráfico, homicídios e roubos na BA é preso em SP


Suspeito foi preso em São Paulo após investigações da polícia baiana (Foto: Divulgação/SSP)

Polícia baiana cumpriu mandados de prisão e busca e apreensão no imóvel onde o suspeito morava, na cidade de São Bernardo do Campo.

Um homem suspeito de liderar uma quadrilha envolvida em tráfico de drogas, homicídios e roubos, que atua na cidade de Itabuna, no sul da Bahia, foi preso em São Paulo, na manhã desta terça-feira (17).

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o suspeito, identificado como Thiago de Freitas Rodrigues, que é conhecido como "Penteado", é o 7 de Copas do "Baralho do Crime".

O "Baralho do Crime" é um catálogo que reúne informações dos foragidos mais perigosos da Bahia, como nome, apelido, área de atuação, além da foto. A divulgação tem o objetivo de contar com a ajuda de denúncias anônimas que possam colaborar na localização dos criminosos.

Conforme a SSP, Thiago de Freitas foi localizado na cidade paulista de São Bernardo do Campo, após investigações da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna), da Bahia, em parceria com a polícia de São Paulo.

O suspeito teve mandado de prisão preventiva cumprida. No imóvel onde ele morava, em São Paulo, foram cumpridos também mandados de busca e apreensão. Segundo SSP, no local, foram apreendidos celulares, uma quantia em dinheiro, que não teve o valor divulgado, e cadernos com anotações da quadrilha.

De acordo com a secretaria, após exame de corpo e delito, em São Paulo, Thiago será transferido para a Bahia, onde ficará à disposição da Justiça.

O "Baralho do Crime" está disponível 24 horas, através do site do Disque Denúncia. Toda pessoa, de forma sigilosa, pode denunciar o paradeiro dos foragidos com informações pelos telefones 181 (para o interior do estado) e 71 3235-0000 (para Salvador).

Paginas