JUAZEIRO @ PRODUTORES DO VALE DO SÃO FRANCISCO APRENDEM A ALINHAR FRUTICULTURA E SUSTENTABILIDADE - Observador Independente

BAHIA

7 de julio de 2018

JUAZEIRO @ PRODUTORES DO VALE DO SÃO FRANCISCO APRENDEM A ALINHAR FRUTICULTURA E SUSTENTABILIDADE

Credito da foto / Ascom Sebrae Lucilene Santos Fotos: Marcos Santiago



O Vale do São Francisco já se destaca no cenário nacional como maior produtor de frutas irrigadas, principalmente de manga e uva. E para desenvolver ainda mais a atividade no Norte da Bahia, uma parceria entre o Sebrae e a empresa global de alimentos e bebidas PepsiCo criou o Programa de Agricultura e Integração Sustentáveis, que faz parte do Projeto Crescer no Campo Fruticultura.

O objetivo é identificar fragilidades das unidades produtivas, mostrar aspectos que precisam ser melhorados dentro da propriedade, melhorar a gestão dos negócios e controle de qualidade, além de levar tecnologias de cultivo e ações de sustentabilidade, nesse primeiro momento, para 30 produtores rurais de coco de Juazeiro, Casa Nova, Rodelas e de outras cidades baianas no período de dois anos.

O produtor rural Hamilton Nunes foi o primeiro a receber as ações do programa na região. O pernambucano que mudou para a Bahia nos anos 1980 cultiva coco e manga no Projeto Curaçá, na Zona Rural de Juazeiro. Ele já fornece coco in natura há mais de dez anos para a empresa PepsiCo e, em pouco tempo recebendo as orientações e consultorias do Sebrae, já fez intervenções na forma de gerenciar o negócio familiar e reforçou os cuidados com o uso de defensivos agrícolas e a preservação do meio ambiente.

"A equipe chegou aqui, propôs mudanças e nós estamos adequando. A quantidade de coco perdido, as áreas não produtivas, o controle financeiro, o manuseio de agrotóxicos, os cuidados com o solo, a segurança do trabalhador, tudo isso está sendo pensado e reestruturado para que possamos ser uma empresa sólida, mas também sustentável. Nossa preocupação é produzir mais e ainda melhor para se destacar no mercado", revela o produtor.

O programa funciona em etapas. Após a adesão de produtores rurais de coco, consultores são enviados às empresas rurais para iniciar o levantamento de dados sobre o empreendimento. Com base nas informações dos produtores rurais, é feito um diagnóstico para apontar o que deve ser melhorado na gestão, cultivo, sustentabilidade e acesso a mercados.

Em seguida, a equipe do Sebrae traça um planejamento de ações que vai ser desenvolvido pelo produtor e trabalhadores do campo. Isso inclui medidas básicas como descarte correto de embalagens de agrotóxicos, inovação no cultivo, controle de gastos e lucros até capacitações da equipe. Nesse processo, ferramentas do Sebrae e dos parceiros envolvidos diretamente podem ser aplicadas na propriedade, a exemplo do Sebraetec, uma solução do Sebrae que subsidia em até 70% as ações de inovação, e as capacitações dos trabalhadores rurais, que serão realizadas pelo Sistema FAEB/SENAR e Sindicato dos Produtores Rurais, por intermédio do Centro de Excelência Fruticultura, sediado em Juazeiro.

Para o gestor do projeto de fruticultura do Sebrae em Juazeiro, Carlos Robério Araújo, através das ações do Programa de Agricultura e Integração Sustentáveis, os produtores estão buscando readaptar as formas de trabalho, com foco na sustentabilidade dos negócios.

"A meta é implementar mudanças simples, mas que são inovadoras, como disponibilizar um kit de primeiros socorros na empresa, que o senhor Hamilton já está fazendo. O importante é a mudança de postura do produtor, que ele entenda que é preciso cuidar das pessoas e do meio ambiente para atingir a longevidade dos seus negócios".

Esta semana, representantes da PepsiCo local, de São Paulo e Equador estiveram em Juazeiro para conhecer a metodologia que está sendo trabalhada com os produtores rurais da região. A ideia é trocar experiência e levar boas práticas aplicadas aqui para os outros 40 países, onde a PepsiCo atua com o programa de sustentabilidade desde 2013, para melhorar o nível tecnológico de conhecimento dos agricultores.

"A PepsiCo busca fortalecer a cadeia de agricultores que provêm matérias-primas à empresa, para que sejam orientados a cumprir a legislação, respeitar o meio ambiente e produzir com eficiência, gastando menos. Através da parceria com o Sebrae, o conhecimento está chegando aos agricultores e o que se espera é uma mudança de comportamento deles para conseguir uma agricultura mais fortalecida na região", destacou Stênio Zanim, gerente de Agro Sustentabilidade da PepsiCo.

O Programa de Agricultura e Integração Sustentáveis conta com a realização de ações do Sebrae, SENAR/Centro de Excelência em Fruticultura, Sistema FAEB, Sindicato dos Produtores Rurais, Embrapa e PepsiCo.


Ascom Sebrae Lucilene Santos Fotos: Marcos Santiago

Paginas