PETROLINA @ UPAE/IMIP DE PETROLINA É 100% INFORMATIZADA - Observador Independente

BAHIA

20 de julio de 2018

PETROLINA @ UPAE/IMIP DE PETROLINA É 100% INFORMATIZADA

Crédito da foto / Ascom / UPAE/IMIP



São muitos os quesitos que fazem da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) uma referência em assistência à saúde no interior de Pernambuco, entre eles está o fato do serviço já ter nascido 100% informatizado.

Isso significa que a Unidade está a um passo de ser 100% digital. “Nós vamos buscar a certificação digital. Estamos analisando a viabilidade econômica e financeira para executar a mudança, pois essa é uma das nossas metas”, esclarece a coordenadora geral, Grazziela Franklin.

É inegável o avanço trazido pela tecnologia para a assistência. Soluções criadas especificamente para o setor de saúde permitem a automatização de funções como a classificação de riscos em emergências, histórico médico e o monitoramento das condições clínicas do paciente em tempo real e remotamente.

“Como benefícios podemos citar a rapidez no atendimento, assistência mais coordenada e acesso facilitado aos dados do paciente pelos profissionais da casa. Além disso, a informatização permite que a gestão conheça melhor o grau de eficácia de seus processos internos, o andamento do fluxo de trabalho e o desempenho das equipes”, ressalta a enfermeira gerente do Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME), Paloma Alves.

Na UPAE, por exemplo, a informatização inibe erros, inclusive com relação à prescrição de medicamentos, solicitações de exames e outros. “Todos os nossos médicos têm acesso ao histórico do usuário, desde a primeira entrada na urgência e emergência e/ou ambulatório. Com isso nós aumentamos a segurança do paciente e garantimos um serviço de qualidade à população, que é sempre o nosso objetivo final”, finaliza Grazziela.


Ascom / UPAE/IMIP
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas