SALVADOR @ Diretor-geral do Detran explica CNH digital e nega 'blitz do IPVA' - Observador Independente

BAHIA

Booking.com

lunes, 9 de julio de 2018

SALVADOR @ Diretor-geral do Detran explica CNH digital e nega 'blitz do IPVA'

O chefe do Departamento deexplicou também que a CNH digital é paga na Bahia por uma questão de legislação / Crédito da foto : Matheus Simoni/Metropress




O diretor-geral do Detran Lúcio Gomes explicou, em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole, como funciona a CNH digital. "É muito mais seguro. Acredito que daqui a uns anos os documentos sejam substituidos pela versão eletrônica", disse. O gestor anunciou ainda que, em breve, o documento do carro também deve ser digital. 

"O do carro também vai ter uma versão eletrônica e, até mesmo a transferência, o que o pessoal chama de Dute. E a Bahia está fazendo testes para efetivar esses dois documentos na versão eletrônica", garantiu. 

O chefe do Detran explicou também que a CNH digital é paga na Bahia por uma questão de legislação. "Cada Estado tem a composição de custo dos seus serivços. Aqui na Bahia a gente tem que fazer o pagamento de algumas atividades. Não poderíamos ficar de fora da cobrança porque seria déficit na receita. Chegamos à composição do custo e estabeleceu o valor de R$ 67,10 para isso", justificou.

Lucio Gomes negou ainda que o órgão faça a temida "blitz do IPVA", que identifica e apreende os veículos em débito com o tributo. 
O que existe é uma decisão liminar em Vitória da Conquista e em Feira de Santana, que suspendeu a retenção do veículo, quando estiver com o IPVA vencido. Ocorre que o que nós realizamos junto à PM serve para verificar se o licenciamento está atrasado. Se você não pagou o licenciamento, a gente não faz a blitz do IPVA. Isso foi feito pela Secretaria da Fazenda e o Detran observa, além de itens de segurança, da alcoolemia, a qualidade do veículo e do condutor. Se estiver com a sua CNH suspensa não poderá dirigir, 
disse.


Alexandre Galvão / Luiza Leão / Metro1

Paginas