SALVADOR @ Professor de futebol é preso por abusar de alunos; homem aprovava vítimas em testes em troca de sexo - Observador Independente

BAHIA

21 de julio de 2018

SALVADOR @ Professor de futebol é preso por abusar de alunos; homem aprovava vítimas em testes em troca de sexo

Polícia chegou até o suspeito após a mãe de um dos garotos, que tem 13 anos, encontrar mensagens pornográficas no celular do filho, em Salvador.  Crédito da foto: Divulgação/Polícia Civil



Professor de futebol foi preso por abusar sexualmente de alunos em Salvador

Um professor de futebol, de 25 anos, foi preso nesta sexta-feira (20) por abusar sexualmente de alguns alunos, no bairro de Pernambués, em Salvador. De acordo com a Polícia Civil, o homem, identificado como Eddy Nelson Cerqueira Bahia, aprovava os garotos em testes em troca de práticas sexuais.

O suspeito foi preso após a mãe de uma das vítimas denunciar o caso na Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Criança e o Adolescente (Dercca). Conforme a polícia, a mulher encontrou mensagens pornográfica enviadas pelo professor no celular do filho, que tem 13 anos.

Segundo a polícia, o adolescente contou que foi abusado pelo professor durante uma viagem organizada pelo suspeito para a cidade de Camaçari, na região metropolitana da capital. O caso teria ocorrido na semana passada. Na mesma ocasião, outros garotos também teriam sido abusados.

Após a denúncia, a polícia pediu a prisão preventiva do professor. O mandado foi cumprido nesta sexta-feira, no momento em que o homem se preparava para fazer outra viagem para Camaçari.

De acordo com a polícia, o suspeito foi encaminhado para a Dercca, onde foi autuado por estupro de vulnerável. Em seguida, ele foi levado para o sistema prisional.

Ainda segundo a polícia, outras vítimas são aguardadas para serem ouvidas na unidade policial, que fica no bairro de Brotas.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas