SALVADOR @ Mulher vai substituir Mãe Stella no comando do Afonjá - Observador Independente

SALVADOR @ Mulher vai substituir Mãe Stella no comando do Afonjá

Compartilhar
Crédito da foto :: Reprodução 


Muitos apontam quatro das mais antigas sacerdotisas da casa como possíveis sucessoras



Com a morte de Mãe Stella de Oxóssi, um nova mulher deve comandar o Ilê Axé Opô Afonjá. Isso porque a casa é um terreiro matriarcal. A escolha, porém, cabe a Xangô, líder do terreiro. 

Segundo o Correio, muitos apontam quatro das mais antigas sacerdotisas da casa como possíveis sucessoras. Todas fazem parte do conselho religioso do terreiro. São elas: Edit Santos Andrade, a iaquequerê (mãe-pequena) Ditinha, 83 anos; Raimunda Antônia de Paula, Mãe Mundinha, iá-dagan do Afonjá, 64; Valdomira Alcântara, a ogalá Tutuca ou Mãe Tutuca, 64; e Maria Pimentel, a mãe Maria ou iá efun, 70. 

Mãe Ditinha, aliás, por ser a mãe-pequena da casa, é a atual substituta desde que Mãe Stella se afastou, quando foi morar na cidade de Nazaré, no Recôncavo baiano. Acontece que ela, e as outras, são muito discretas e sequer falam sobre o assunto. 

A otum-dagan do terreiro, Maria Aparecida Santos, a Cida de Nanã, explica que, no final das contas, qualquer filha de santo (iniciada) pode ser escolhida.

Post Bottom Ad

Apostilas Opção