SALVADOR @ Queima de fogos em Salvador contará com tecnologia acionada por Wi-fi com comando via satélite - Observador Independente

SALVADOR @ Queima de fogos em Salvador contará com tecnologia acionada por Wi-fi com comando via satélite

Compartilhar
Crédito da foto :: Valter Pontes/Agecom / Divulgação




Quem for realizar a própria queima de fogos deve ficar atento para os cuidados com queimaduras e inalação de fumaça


Tão tradicional quanto estourar um espumante, a queima de fogos na orla de Salvador terá uma distribuição diversificada, possibilitando que soteropolitanos e turistas possam comemorar a entrada de 2019, onde quer que estejam. Serão 16 toneladas de fogos distribuídos em 16 bairros, com duração média de 10 minutos. 

O show pirotécnico poderá ser acompanhada na Barra (Atrás do Farol da Barra), Rio Vermelho (Vila Caramuru), Amaralina (Praia de Amaralina), Jardim de Alah (Praia do Jardim de Alah), Patamares(Praia de Patamares), Itapuã(Praia de Itapuã), Cajazeiras( no Campo da Pronaica, em Cajazeiras 10), Periperi (no Esporte Clube Periperi), Paripe (na Praia de Tubarão), Ribeira(Praia da Ribeira), Boa Viagem(Praia da Boa Viagem), Santo Antônio Além do Carmo (na Encosta do Largo de Santo Antônio), nas Ilhas dos Frades (praia de Paramana), Bom Jesus dos Passos(Praia de Bom Jesus dos Passos) e Maré (praia de Santana). 


Na orla da Boca do Rio, onde é realizado o Festival Virada Salvador, serão 15 toneladas distribuídas em dois pontos, um mais próximo da Arena Daniela Mercury e outro na região da praça, onde estava a antiga sede de praia do Esporte Clube Bahia. 

De acordo com o design de fogos Fábio Geraldo Campos, esse ano, os fogos serão disparados por uma tecnologia por Wi-Fi com comando via satélite. Haverá duas queimas de fogos simultâneas: uma será do local aberto próximo à aldeia de pescadores e o outro ponto será no palco. “Será um show nunca visto em Salvador, com material vindo dos Estados Unidos”, esclareceu. 

O investimento total da Prefeitura para na queima de fogos para a hora da virada nos 16 bairros é de R$ 1.344.000,00.

Cuidados

Para quem vai apreciar a queima de fogos nas embarcações, nas praias ou mesmo em casa e fará uma queima de fogos particular, vale salientar que alguns cuidados são fundamentais para evitar que a festa não tenha intercorrências. 

O coordenador da Salvamar João Luiz lembra que o recomendado é evitar soltar fogos de qualquer natureza dentro da embarcações. "A maioria desses veículos é feita de fibra, o que pode acarretar problemas se entrar em contato com os fogos", explica o representante do órgão ligado à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop).

O cirurgião plástico Carlos Briglia, coordenador do Centro de Tratamento de Queimados (CQT) do Hospital Geral do Estado (HGE), lembra que as pessoas devem estar atentas e muito cuidadosas ao manusearem superfícies quentes. 

“A população precisa atentar para os cuidados na improvisação de fogareiros, instalação de sistemas elétricos e o manejo de álcool e pólvora”, completa. Em caso de queimadura, o médico orienta que não sejam usadas pomadas nem soluções caseiras. “A região afetada deve ser lavada com água corrente por dez minutos e protegida com uma compressa úmida. Se mais de 20% do corpo tiver sido atingido, o paciente deve buscar atendimento em uma unidade de saúde”, ensina.

A enfermeira Gabriela Oliveira Sena destaca que a pele é o maior órgão do corpo humano e exerce diversas funções importantes para a sua saúde. Entre elas, a de proteção do organismo, por isso cuidar de uma queimadura com procedimentos caseiros é um risco à saúde, podendo ocasionar infecções graves”, afirma Gabriela. 

Não é recomendável passar no local afetado produtos como sal, água com açúcar, gelo, ovo, óleo, manteiga ou pasta de dente. Mas, infelizmente, essa prática ainda ocorre e oferece riscos, complementa. A enfermeira destaca que não pode ser água gelada, pois há o risco de um choque térmico, causando danos como necrose da pele. Também é importante evitar passar a mão suja no ferimento ou cobrir a área lesionada com algodão. As vítimas de queimaduras não devem tirar a pele da área afetada para não agravar a situação. 

O gerente de Atenção da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) Ivan Paiva salienta que, geralmente, as queimaduras mais comuns são aquelas que ocorrem diretamente na pele, por inalação de fumaça, que pode trazer alguns danos às vias respiratórias, até levar à morte; e a terceira seria a explosão que, dependendo da potência, pode causar danos traumáticos.

“Caso a queimadura seja pequena, o equivalente a palma da mão, por exemplo, a vítima pode procurar um dos cinco Pronto Atendimento (PAS) ou nove Unidades de Pronto Atendimento (UPA), que funcionarão em regime de plantão durante o Réveillon”, finaliza Paiva. Já as unidades de saúde da família e básicas funcionam de segunda à sexta-feira, exceto feriados, das 8h às 17h. Portanto, essas unidades reabrem apenas na terça (1º).

Post Bottom Ad

VivaABahia