Alvo do Botafogo, Hyoran foi um dos garçons mais eficientes do Brasileirão 2018 - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

18 de janeiro de 2019

Alvo do Botafogo, Hyoran foi um dos garçons mais eficientes do Brasileirão 2018

Hyoran interessa ao Botafogo (Divulgação Palmeiras)Foto: Lance!


Meia do Palmeiras pode pintar no Glorioso em 2019.

Palmeiras e Botafogo parecem mesmo ter um bom relacionamento fora do campo. Após os times negociarem a ida do volante Matheus Fernandes para o clube paulista e o novo empréstimo do atacante Erik ao Glorioso, os clubes podem realizar uma nova transferência nesta janela. O meia Hyoran, de 25 anos, que pertence ao Alviverde, interessa ao time carioca e pode pintar em General Severiano nesta temporada.


Titular em 15 jogos da vitoriosa campanha palmeirense no último Campeonato Brasileiro - atuou um total de 24 rodadas -, o jogador deve perder espaço com Felipão após as chegadas de Zé Rafael, Ricardo Goulart, Carlos Eduardo e Felipe Pires, o que facilitaria a negociação, mesmo após o bom desempenho em 2018. 

Apesar de iniciar a maioria das partidas no banco de reservas, Hyoran foi o segundo maior garçom do time na competição nacional, contribuindo com cinco passes para gol. Apenas Dudu, líder do fundamento, com 14, deu mais assistências.

Entre os principais assistentes do Brasileirão, Hyoran também figurou entre os que obtiveram a maior média de passes para gol por minutos em campo. O apoiador precisou de 287 minutos de atuação para dar cada assistência, a 12ª melhor marca do campeonato entre os que serviram seus companheiros ao menos quatro vezes. 

O número é superior, por exemplo, ao de Erik, que foi quem teve o melhor rendimento entre os botafoguenses, dando um passe a cada 352 minutos. Leo Valencia, principal articulador e garçom do Alvinegro, terminou com média de uma assistência a cada 418 minutos.

JOGADORES COM MENOS MINUTOS PARA UMA ASSISTÊNCIA

- Dados do Footstats
- Apenas jogadores com quatro ou mais assistências no Brasileiro 2018

1º - Trauco - Flamengo - 1 assistência a cada 92 minutos
2º - Derlis González - Santos - 1 assistência a cada 165 minutos
3º - Dudu - Palmeiras - 1 assistência a cada 176 minutos
4º - Everaldo - Fluminense - 1 assistência a cada 219 minutos
5º - Arrascaeta - Cruzeiro - 1 assistência a cada 222 minutos
6º - Gustavo Blanco - Atlético-MG - 1 assistência a cada 226 minutos
7º - Wallyson - Vitória - 1 assistência a cada 245 minutos
8º - Luan - Grêmio - 1 assistência a cada 261 minutos
9º - Chará - Atlético-MG - 1 assistência a cada 264 minutos
10º - Vitinho - Flamengo - 1 assistência a cada 270 minutos
11º - Maxi López - Vasco - 1 assistência a cada 271 minutos
12º - Hyoran - Palmeiras - 1 assistência a cada 287 minutos
13º - Rojas - São Paulo - 1 assistência a cada 294 minutos
14º - Carlos Sánchez - Santos - 1 assistência a cada 334 minutos
15º - Léo Moura - Grêmio - 1 assistência a cada 350 minutos
16º - Erik - Botafogo - 1 assistência a cada 352 minutos
17º - Raphael Veiga - Athlético-PR - 1 assistência a cada 353 minutos
18º - Everton - São Paulo - 1 assistência a cada 363 minutos
19º - Jonathan - Athlético-PR - 1 assistência a cada 365 minutos
20º - Cazares - Atlético-MG - 1 assistência a cada 386 minutos
Nikão - Athlético-PR - 1 assistência a cada 386 minutos

Post Top Ad

SCB