Corpo do multi-instrumentista baiano Bira Reis é enterrado em Salvador - Observador Independente

Corpo do multi-instrumentista baiano Bira Reis é enterrado em Salvador

Compartilhar
Crédito da foto :: Rafael Alves / TV Bahia



Familiares e amigos participaram do sepultamento no cemitério Jardim da Saudade. Bira morreu no sábado (19), após sofrer um infarto fulminante quando caminhava na capital baiana. Músico tinha 64 anos e morreu após sofrer um infarto fulminante quando caminhava no Pelourinho, no Centro Histórico da capital baiana, no sábado (19).


Familiares e amigos participaram do enterro do multi-instrumentista baiano Bira Reis, no Cemitério Jardim da Saudade, no bairro de Brotas, em Salvador. A cerimônia foi realizada na manhã desta segunda-feira (21).

O músico tinha 64 anos e morreu após sofrer um infarto fulminante quando caminhava no Pelourinho, no Centro Histórico da capital baiana, no sábado (19).

Bira foi um dos primeiros compositores e arranjadores de música instrumental para o grupo Olodum. Integrantes da banda percussiva também estavam presentes no enterro do artista.

O músico tinha como referência Walter Smetak, também músico, pesquisador e professor suíço, naturalizado brasileiro. Bira Reis ainda trabalhava na construção de instrumentos, era artista plástico e educador.

No sábado, após a confirmação da morte, o Olodum lamentou a falecimento do artista. "Bira era um homem extraordinário da cultura da música e que deu a instituição e ao Samba Reggae a harmonia dos sopros de uma forma criativa e inovadora. Uma tristeza enorme invade o coração de todos", diz uma nota divulgada pelo grupo.

Post Bottom Ad

VivaABahia