DJ acusado de agredir ex-namorada em Salvador tem prisão decretada - Observador Independente

DJ acusado de agredir ex-namorada em Salvador tem prisão decretada

Compartilhar
Crédito da foto :: Arquivo Pessoal


Suspeito ainda não foi encontrado pela polícia.


O homem acusado de agredir a ex-namorada teve o pedido de prisão expedido pela 1ª Vara da Justiça pela Paz em Casa de Salvador, na terça-feira (29). João René Espinheira Moreira, o DJ Oliver, de 33 anos, é suspeito de ter espancado a advogada Juliana Galdino, 26, no início de janeiro deste ano.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), de Brotas. O suspeito ainda não foi encontrado pela polícia.

Em entrevista à Record TV, o DJ afirmou que tem problema de “pavio curto”. “Infelizmente ela sabe que eu tenho o pavio curto. Ela tem consciência disso. Eu fiz tratamento para esse problema, tenho laudo médico. Se eu for muito provocado, eu posso reagir”, disse na época.

Post Bottom Ad

VivaABahia