Homem é preso por matar e guardar coração de travesti; “era um demônio” - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

21 de janeiro de 2019

Homem é preso por matar e guardar coração de travesti; “era um demônio”

Crédito da Foto: reprodução/EPTV



Um homem identificado como Caio Santos de Oliveira, 20 anos, foi preso nesta segunda-feira (21/1), em Campinas, interior de São Paulo, após confessar um crime bárbaro. Ele matou e arrancou o coração de uma travesti, depois de ter se relacionado sexualmente com a mesma. As informações são da EPTV, afiliada da Rede Globo na região.

Segundo a reportagem, o órgão foi encontrado enrolado em um pano sob o guarda-roupa do suspeito. De acordo com informações da Polícia Militar da região, Caio ainda teria levado pertences e eletroeletrônicos do local do crime.

Com declarações desconexas, o suspeito foi apresentado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas, onde afirmou ter conhecido a vítima – cujo nome de registro é Jenilson José da Silva, 35 anos – na noite anterior. “Era um demônio. Eu arranquei o coração dele (sic). É isso. Não era meu conhecido (sic)”, declarou.

Após ser interrogado pela polícia, Caio levou os policiais até o corpo da vítima, que estava com o tórax aberto e com uma imagem de um santo sobre ela.

Post Top Ad

SCB