Homem que morreu em ação policial é suspeito de roubar cerca de 50 veículos em um ano em Feira de Santana - Observador Independente

Homem que morreu em ação policial é suspeito de roubar cerca de 50 veículos em um ano em Feira de Santana

Compartilhar
Foto: Reprodução


De acordo com o delegado André Ribeiro, titular da DRFR, os alvos eram sempre pessoas de poder aquisitivo maior, sobretudo idosos e mulheres.


Morto após uma troca de tiros com policiais civis da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), na manhã desta terça-feira (29), o morador do distrito de Humildes Eurípedes Oliveira Pinto, de 29 anos, conhecido como Pepe, é suspeito de ter roubado cerca de 50 veículos no período de um ano, em Feira de Santana. 

Segundo a polícia, ele estava dirigindo um veículo Fiat Toro, cor branca, placa fria PLG-5429 com licença de Salvador e restrição de furto e roubo, no distrito de Humildes, e ao chegar próximo a um colégio encontrou uma viatura da Polícia Civil. 

Houve troca de tiros e ele foi atingido, sendo socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) pelos policiais, mas não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada na unidade, por volta das 9h30.

De acordo com o delegado André Ribeiro, titular da DRFR, os alvos eram sempre pessoas de poder aquisitivo maior, sobretudo idosos e mulheres.
Ele vinha sempre agindo no período da manhã, cedo, mais precisamente nos bairros Santa Mônica I, Capuchinhos, e até o distrito de Humildes. Muitos alvos eram pessoas de idade, que às vezes estavam até na companhia de motoristas, pessoas com poder aquisitivo maior e que estavam em veículos mais caros. Como ele já vem há cerca de um ano roubando veículos, acreditamos que foram uns 50 veículos que foram roubados por esse elemento, 
afirmou o delegado.

Ainda conforme André Ribeiro, imagens de câmeras de segurança mostraram a ação do suspeito. “Pelos vídeos ele chegava com tranquilidade e as vítimas não desconfiavam que ele fosse um elemento contumaz nessa prática, o que facilitava sua ação criminosa. Ele usava um veículo plotado como se fosse de uma empresa e ninguém imaginava que ele iria praticar o roubo. Ele estava residindo no distrito de humildes.”




Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.



Post Bottom Ad

VivaABahia