ILHA DE ITAPARICA @ Alvorada, missa e cortejo celebram 196 anos da independência - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

SCB

7 de janeiro de 2019

ILHA DE ITAPARICA @ Alvorada, missa e cortejo celebram 196 anos da independência

Crédito da foto :: Reprodução internet / Youtube


Itaparica comemora 196 anos de independência. Festejos contam com missa e cortejo de três dias. Exército formado por populares, pescadores e marisqueiros deteu soldados portugueses em 7 de janeiro de 1823.


Os moradores da Ilha de Itaparica, na Bahia, comemoram nesta segunda-feira (7) os 196 anos da conquista da independência da ilha, ocorrida em 1823.

Na madrugada de 7 de janeiro de 1823, um exército formado por pescadores, marisqueiros e populares da ilha, deteve o desembarque de soldados da tropa portuguesa na ilha, localizada às margens da Baía de Todos-os Santos.

Na celebração, realizada na manhã desta segunda, integrantes da Associação Cultural de Índios Guaranis se apresentaram na Praça Piedade, um dos locais de resistência em 1823. O grupo, que tem mais de 80 anos de história, não conta com integrantes descendentes indígenas, mas são nascidos e criados em Itaparica.

"O grupo indígena de guarani, estreado em 1829, representa a bravura do povo nativo itaparicano nas batalhas de 1823, pela independência de Itaparica, independência da Bahia e consolidação da independência do Brasil", contou o presidente Emanoel Pita.
Crédito da foto :: Adriana Oliveira/TV Bahia

Para comemora os 196 anos da independência, uma alvorada foi realizada às 5h e, às 8h30, começou uma missa na Igreja Nossa Senhora da Piedade.

Também em comemoração à independência de Itaparica, a Associação Cultural de índios Guaranis promoverá um cortejo, às 17h30, pelo Centro Histórico da cidade. Durante o cortejo, que volta a acontecer na terça (8) e quarta-feira (9), a imagem do Caboclo, símbolo de orgulho, é conduzido pela população.

A imagem do Caboclo é reverenciada pela população, que costuma fazer pedidos e comemorar com músicas regionais. Após o cortejo, o grupo realiza a apresentação do Auto da Roubada da Rainha, que de forma teatral, encena a vitória do povo de Itaparica nas batalhas de 1823.




As informações são do JM/TVBahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

Post Top Ad

SCB