Justiça aceita denúncia contra PMs acusados de matar empresário espanhol em Salvador - Observador Independente

Justiça aceita denúncia contra PMs acusados de matar empresário espanhol em Salvador

Compartilhar
Crédito da foto :: Arquivo pessoal 



A Justiça aceitou a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra os dois policiais militares envolvidos no assassinato do empresário espanhol Márcio Perez Santana. Com isso, Maurício Correia dos Santos e Saulo Reis Queiroz se tornam réus pelos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio, este último contra Renata Alves Correia, que estava com Márcio no momento do crime.

Os PMs foram denunciados pelo MP-BA no último dia 7. A decisão de aceitar a acusação formal foi do juiz Eduardo Augusto Santana, dada no último dia 10 de janeiro.

Segundo o promotor Antônio Luciano Assis, os policiais surpreenderam Márcio Perez com vários tiros de arma de fogo no dia 19 de setembro de 2018. O espanhol chegava em sua residência, no bairro de Armação, em Salvador, quando o veículo em que estava começou a ser alvejado.

A vítima foi morta a tiros pelos policiais quando chegava em casa, de carro, no bairro de Armação. Conforme apontaram as investigações, os policiais estavam dentro de uma viatura com os faróis altos e com o giroflex desligado. Márcio dirigia o veículo e não percebeu que se tratava de uma equipe da PM, se assustou e seguiu com o carro.

De acordo com o MP, Márcio ainda tentou escapar dos vários e seguidos disparos efetuados pelos policiais, mas foi perseguido e alvejado pelas costas. “Márcio não teve como lançar mão de qualquer recurso em defesa da sua vida”, disse o promotor.

Em depoimento, os policiais alegaram que estariam perseguindo criminosos e acabaram se deparando com o carro de Márcio, que tinha as mesmas características do veículo dos suspeitos.

Post Bottom Ad

VivaABahia