SALVADOR @ Em entrevista Rui Costa propõe união dos estados do Norte e Nordeste contra governo Bolsonaro. Prega a separação do Brasil - Observador Independente

SALVADOR @ Em entrevista Rui Costa propõe união dos estados do Norte e Nordeste contra governo Bolsonaro. Prega a separação do Brasil

Compartilhar
Crédito da imagem / OBI



Teoria da conspiração? Assista o vídeo...


A situação de violência nos estados do norte e nordeste do Brasil saiu do controle e a parte mais frágil, a população, é quem vem pagando a conta, isto você já sabe. 

É fato que o Governo do presidente Bolsonaro, até então, só tem ficado nas promessas de combater a violência e nenhuma medida dura foi adotada até então. 

Mas há que se perguntar: Até a posse existia violência neste nível? Não! Existia violência  controlada, e até então sem o viés do terrorismo que está escancarado nestes estados brasileiros não era visto. 

O que aconteceu então?

A resposta é simples. Primeiro governadores comunistas insatisfeitos com a prisão do chefe – Lula presidiário.  Segundo com a eleição de Bolsonaro. As primeiras medidas depois da posse destes mandatários nordestinos deixam isto bem claro.

A princípio sem poder botar a cara diretamente não estão hesitando em fazer acordos com grupos terroristas e facções criminosas para, em seus próprios estados, forçarem a intervenção federal e atrapalhar as ações do governo central que se inicia. 

Obviamente que uma olhada superficial para os locais onde estão acontecendo atos de terrorismo nos leva a conclusões simples, ou seja, as ações acontecem exatamente nos estados do Norte e Nordeste onde os governadores são comunistas, e após a posse! 

Observe que falei sobre acordo com grupos terroristas e facções criminosas. Você acha difícil? Um exemplo claro: Na Bahia existe agencias especializadas pelo sertão a fora cuidando exatamente disso: formar quadros comunistas e mobilizar a população para futuros atos de interesse geral do sistema. 

No sertão, povoado de famílias absolutamente pobres e jovens sem futuro certo, agencias governamentais estão treinando estes agentes para várias atividades de produção e autonomia, inclusive  das suas próprias famílias, bem ao estilo marxista.

Estas agências que se utilizam de recursos públicos para isso, com o mote de estar promovendo desenvolvimento nestas regiões, transportam estes jovens para dezenas de lugares diferentes com o pretexto de treinamento. 

Sabe-se que em alguns casos, são levados para o exterior. Todo mundo sabe disso, ou seja, que existe uma verdadeira indústria de formação de quadros de guerrilheiros comunistas sendo montada bem na cara dos “serviços de inteligência” do governo Temer e  agora Bolsonaro.

A estratégia, segundo disse o próprio Rui Costa (PT), governador baiano, é montar uma estrutura no norte/nordeste que seja independente do governo federal. Que estratégia seria esta e o porque desta postura dos governadores da região?

Com a aproximação do governo Bolsonaro dos Estados Unidos eles sabem que as chances de um retorno dos comunistas ao poder é praticamente nenhuma, daí querem criar formas de dar autonomia à região, mesmo contrariando a CF/88, como única forma de manter um reduto fechado para o comunismo em território brasileiro. 

Naturalmente que serão necessários recursos, mas os estados tem. O treinamento das milícias, Cuba é bem ali. A doutrinação da população, especialmente os jovens já vêm acontecendo há muitos anos. Usar o crime organizado para as ações terroristas. Isto está sendo feito e não se descarta que estes Estados, comecem a financiar grupos armados para ataques terroristas no próprio território brasileiro, possivelmente Brasilia e demais estados do sul.

Teoria da conspiração? Assista o vídeo...

Com certeza a culpa não é da elite comunista. É do próprio povo destes estados que elegeram ou reelegeram governadores comunistas para darem continuidade aos seus projetos bizarros. Na Bahia é bem assim. Rui Costa conseguiu iludir mais da metade da população e conseguiu um segundo mandato. Para que mesmo?

Segundo o vídeo que você pode assistir abaixo, ele quer dividir o Brasil. A proposta é simples e cristalina. O governador da Bahia com apoio dos demais governadores comunistas do Norte / Nordeste querem a separação do Brasil. De fato!

E poderão conseguir já que até então o governo do presidente Jair Bolsonaro com seus ministros falando m... o tempo todo, salvo raras exceções, nada tem feito de concreto. Já sei, Já sei! Só tem duas semanas e.... bla, bla, bla ...

Enquanto isso a proposta do governador da Bahia avança, toma corpo, inclusive com a formação de um Exército e uma Força Aérea regional.

Assista o vídeo e tire suas conclusões.

Post Bottom Ad

Apostilas Opção