SALVADOR @ MP será chamado para intervir em caso de vandalismo contra a Pedra de Xangô - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

1 de janeiro de 2019

SALVADOR @ MP será chamado para intervir em caso de vandalismo contra a Pedra de Xangô

Crédito da foto :: Giana Mattiazzi/TV Bahia   



Comunidades de terreiro de Cajazeiras programam para amanhã (2) um ato de desagravo, a partir das 9h, em protesto contra o crime.


Após o ato de vandalismo cometido contra a Pedra de Xangô, monumento sagrado para as religiões de matriz africana que está localizado em Cajazeiras e é tombado pela Prefeitura, as comunidades de terreiro do bairro programam para amanhã (2) um ato de desagravo, a partir das 9h, em protesto contra o crime. 

Na sexta (28), o monumento foi coberto por mais de 100 quilos de sal. No domingo (30), moradores de Cajazeiras se reuniram para fazer a limpeza do local, com a ajuda da Limpurb.

Segundo os adeptos das religiões de matriz africana, o sal é um elemento que, para as religiões pentecostais, tem o poder de queima, de purificação. Para Maria Alice Pereira da Silva, advogada, autora de uma dissertação de mestrado a respeito da história da Pedra de Xangô e uma das idealizadoras do portal oficial do monumento religioso, o ato de intolerância é evidente.

Xangô é um orixá do fogo, é quente. O sal é frio. Está evidente a agressão. Ademais, ficou confirmada, com tal atitude, a forma desrespeitosa com que alguns segmentos tratam a religião afro-brasileira. Grave, lamentável, repugnante é mais essa agressão à Pedra de Xangô,

disse, em entrevista ao jornal Correio. 

Em novembro de 2014, o monumento foi alvo de ação semelhante, quando foram despejados cerca de 200 kg de sal de cozinha sobre ele.

Ainda segundo Maria Alice, uma petição será entregue ao Ministério Público do Estado da Bahia, para que o caso seja apurado. A advogada aponta que, além de ato de vandalismo contra o patrimônio público, jogar sal no monumento é considerado crime ambiental, pois o elemento afeta o solo e o lençol freático, impedindo a reprodução de espécies.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

Post Top Ad

SCB