SANTO ANTº DE JESUS @ Vereador Pedro de Teca explica porque não aceitou Secretaria de Agricultura - Observador Independente

SANTO ANTº DE JESUS @ Vereador Pedro de Teca explica porque não aceitou Secretaria de Agricultura

Compartilhar
Vereador Pedro de Teca - Crédito da foto :: Infosaj / Reprodução


O mês de Janeiro nem começou e apesar da Câmara de Vereadores está em recesso a movimentação política não para. A semana trouxe à tona forte movimentação na mídia e no meio político com a suposta ida do vereador Pedro Lopes Ribeiro ((PSD) Pedro de Teca)) para a base do prefeito Rogério Andrade (PSD). 

No turbilhão político que se formou,  - o vereador vem fazendo forte oposição na Câmara ao atual chefe do Executivo - desmentidos, confirmações e finalmente a palavra do vereador na manhã desta quarta-feira, 23, nas rádios locais. 

Nas entrevistas, apesar de não ter ficado esclarecido completamente os motivos que levaram o edil a recusar a Secretaria de Agricultura do município, nos bastidores o vereador Pedro disse a amigos que tinha bons e reais motivos para não ter aceitado o convite.

Ao portal, em conversa franca na Câmara de Vereadores na manhã desta quarta, 23, Pedro de Teca concedeu entrevista exclusiva e apontou as - suas - verdadeiras razões para a recusa em assumir a Secretaria. 
O que houve foi algumas sondagens, não convite formal do prefeito. Neste tempo conversamos, ouvimos, conversamos com nossa base para só então tomarmos uma posição definitiva. Na verdade, como venho fazendo oposição houve alguns setores da mídia que se anteciparam, que afirmaram que eu aceitei o convite. Não aceitei. Aliás, não chegou a ser um convite, mas conversações, como eu já disse.
Fizemos a pergunta clássica

No resumo Pedro, quais foram, de fato, os reais motivos de você não ter aceitado o convite do Prefeito para o cargo? 

Como eu disse antes, não é algo que se decida de uma hora para outra, e muito menos que se deva fazer sem ouvir as pessoas, a base, os companheiros que ajudaram a me eleger, e isso leva certo tempo. E repito, não houve convite formal do prefeito, deixo isso bem claro.

Os motivos, insistimos,
Primeiro, entre assumir a Secretaria e o final da gestão, existe um tempo muito curto. Não há espaço para avançar em nenhum grande projeto que venha impactar a agricultura santantoniense; Segundo, confesso, me sinto melhor como oposição. Naturalmente uma oposição séria, focada na defesa da sociedade, questionando sempre dentro da legalidade e atenta ao que não é interessante para o município e ao que só interessa ao prefeito, é o que temos feito e o que continuaremos a fazer.

Por último o vereador Pedro de Teca alegou questões de ordem técnica na Secretaria de Agricultura e apontou o que ele considera falhas da gestão, que, segundo ele ao analisar tudo, o somatório dos prós e contras contribuíram para que não assumisse.
Veja, de um Orçamento para o município aprovado pela Câmara para 2019, no valor de R$ 227 milhões, apenas R$ 2,4 milhões foram destinados para a agricultura. Isso é insignificante para um município de raízes agrícolas como o nosso. Não dá sequer para fazer a metade da reforma que é necessária na feira livre, por exemplo. Por outro lado, não há condições de oferecer assistência técnica aos agricultores, subsidiar iniciativas de produção rural, não tem orçamento sequer para planejar e executar eventos importantes como a ExpoMandioca; falta equipamentos básicos para oferecer assistência técnica e apoio aos agricultores e muito menos para fiscalizar, 
concluiu. 

Ao final da conversa, Pedro voltou a falar sobre a questão da oposição, explicando que continuará na bancada junto com o vereador Chico de Dega, e fará oposição sistemática ao prefeito. 
Vamos continuar fazendo o que tem que ser feito. Não vamos recuar; vamos continuar buscando fazer uma oposição consequente, respeitando as diferenças e opiniões de colegas, apontando os erros da administração, mas também votando e aprovando projetos que sejam encaminhados pelo Executivo e que sejam para beneficiar a população. Não fomos e não seremos oposição apenas por fazer oposição, faremos uma oposição consequente e alinhada com os interesses do povo, 
disse.

Post Bottom Ad

VivaABahia