Com cobertores e marmitas, eleitores dormem em filas para fazer recadastramento biométrico em cidades da BA - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

6 de fevereiro de 2019

Com cobertores e marmitas, eleitores dormem em filas para fazer recadastramento biométrico em cidades da BA

Procedimento, que é obrigatório, deve ser feito no Ginásio de Esportes do município até o dia 22 de fevereiro. — Foto: Vanderson Nascimento/TV Bahia



Situações acontecem em cidades como Lauro de Freitas, Itabuna e Simões Filho. Procedimento é obrigatório e deve ser feito no Ginásio de Esportes do município, até o dia 22 de fevereiro. Lauro de Freitas, Simões Filho e Itabuna: eleitores pegam fila para cadastro da biometria
Jornal da Manhã

Lauro de Freitas, Simões Filho e Itabuna: eleitores pegam fila para cadastro da biometria

Eleitores do município de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, dormiram na fila para tentar fazer o recadastramento biométrico nesta quarta-feira (6). O procedimento, que é obrigatório, deve ser feito no Ginásio de Esportes do município até o dia 22 de fevereiro.

Os primeiros eleitores relataram que chegaram ao local às 17h de terça-feira, para conseguir fazer o procedimento nesta quarta. Alguns levaram cobertores, marmita e água para ficar na espera.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Lauro de Freitas tem 131.900 eleitores aptos. Desses, até a terça-feira (5), 65.495 haviam realizado a o recadastramento biométrico, o que representa 49,66% do total.

O órgão reforçou que a revisão biométrica é obrigatória e o eleitor que não comparecer até 22 de fevereiro terá o título cancelado.

O posto de Lauro de Freitas possui dez guichês para atendimento e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, mediante distribuição de senhas. O TRE distribui 400 fichas por dia, entre normal e prioridade, a partir das 8h.

Os interessados no serviço devem apresentar um documento de identificação pessoal com foto e um comprovante de residência atualizado.

Convocação

Além de Lauro de Freitas, eleitores de outras 33 cidades baianas precisam realizar o recadastramento biométrico. A convocação foi feita pelo órgão em novembro de 2018. A ação faz parte do 2º Ciclo do Projeto Biometria na Bahia. O prazo na maior parte dos lugares vai até fevereiro de 2019. A meta do TRE-BA é biometrizar todo o estado até 2021.

As cidades de Mata de São João, Barra do Choça, Planalto e Itanagra também estavam nessa fase de cadastramento estão, entretanto, nesses municípios, o cadastramento da biometria ocorreu apenas até 30 de novembro de 2018 e não até 22 de fevereiro de 2019, como nas outras 34 cidades.

O TRE-BA explicou que essas cidades possuíam alto percentual de eleitores já biometrizados, cerca de 85% e por isso, o prazo para o cadastramento nos municípios de Mata de São João, Barra do Choça, Planalto e Itanagra foi reduzido.

São obrigados a fazer o recadastramento todos os eleitores, inclusive aqueles que o voto é facultativo, mas desejam continuar a exercer o direito ao voto (analfabetos; eleitores com idade entre 16 e 18 anos; os maiores de 70 anos de idade).

O cidadão que não atender à convocação da Justiça Eleitoral terá o título cancelado e não poderá, por exemplo, obter passaporte, tomar posse em concurso público, renovar matrícula em instituição de ensino, entre outros impedimentos previstos no art. 7º do Código Eleitoral.

Post Top Ad

SCB