Com elenco enxuto, Bota corre para fechar com Maxwell e mais reforços - Observador Independente

Com elenco enxuto, Bota corre para fechar com Maxwell e mais reforços

Compartilhar
Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo


Botafogo, sem alarde e carente em todos os setores, está ativo no mercado para anunciar contratações já nos próximos dias.


Lazlo Dalfovo e Sérgio Santana


A carência no setor ofensivo do Botafogo não é novidade para ninguém. Com a recente saída de Rodrigo Aguirre, o time de Zé Ricardo conta apenas com Kieza como centroavante atualmente, tendo em vista que o jovem Igor Cássio se recupera de uma lesão muscular. E não é por falta de nomes na mesa que mais atacantes estão deixando de serem anunciados para 2019.

Ao apresentar Cícero na última segunda, Anderson Barros, gerente de futebol, desconversou a respeito dos nomes, mas admitiu que o clube corre para anunciar reforços "o mais breve possível" para que Zé Ricardo inicie o Brasileiro mais encorpado e aumente as munições nas competições de mata-mata

- Contratações são sempre muito complicadas, não tem como dizer se uma está próxima ou que vai acontecer em três ou quatro dias. Temos procurado em algumas posições específicas e esperamos anunciá-los o mais breve possível, pois isso será muito importante, principalmente para dar condição a Zé Ricardo de fazer o trabalho melhor. Como disse o Cícero, estamos vindo em um processo de transição, de mudanças e quanto mais cedo os atletas estiverem aqui, facilita para o time - comentou o dirigente.

Segundo o LANCE! apurou, o Botafogo possui um acordo verbal para que Maxwell, do Resende, assine com o clube antes mesmo do fim do Carioca - a contragosto do técnico Edson Souza. 

Nos próximos dias, o Botafogo deve enviar uma proposta por 50% dos direitos econômicos de Maxwell, de 24 anos, que pertence ao Comercial, de Alagoas, e que possui o interesse de vestir a camisa do Glorioso. O Resende não tem participação financeira junto ao atleta, porém receberia uma bonificação por tê-lo posto na "vitrine", como disse o técnico do Resende em entrevista ao L!.

- O jogador (Maxwell) tem muito interesse (de ir para o Botafogo). Apareceram outros times de Série A e B interessados, mas, pela proximidade, o Botafogo, que o acompanha realmente de perto, está entre as nossas prioridades. Até porque, sabemos que ele tem boas chances de jogar lá (Botafogo) - disse o empresário do centroavante, em contato à nossa reportagem. 

OUTRAS POSSIBILIDADES 

Muitos torcedores do Botafogo acreditam que Cícero foi contratado justamente para suprir a carência no setor de referência do ataque. Em sua apresentação, contudo, Cícero afirmou que prefere atuar como segundo volante, pouco antes de Zé dizer que, a princípio, utilizará-lo no meio.

Cabe destacar que o Botafogo também estava em conversas adiantadas com Rafael Moura, que está sem clube, mas esfriou o negócio por conta da rejeição da torcida quanto ao He-Man nas redes sociais. 

E, sobre Federico Martínez, do Liverpool-URU, o nome esteve à mesa do departamento de futebol, mas não é prioridade, uma vez que a pasta entende se tratar de um ponta - ou seja, posição que não é preferência no momento.

Por falar em preferências, o treinador do Alvinegro admitiu, na última segunda-feira, que a busca por um centroavante é de suma importância. 

- Temos essa lacuna no ataque, estamos cobrando e buscando um camisa 9. Mas não queremos errar as avaliações. As condições do clube não permitem isso. A margem de erro tem que ser a menor possível. Sei que esse nome vai aparecer. Enquanto isso, temos que potencializar quem está aqui - falou Zé.

MARCOS VINÍCIUS PERTO DE SAIR

Em reação a saídas: sem conseguir engrenar no Botafogo, onde está em sua terceira temporada, Marcos Vinícius parece estar de malas prontas para deixar o Nilton Santos. Além da Chapecoense, mais perto de um acordo para levar o meia, há outros clubes interessados no jogador. 

- Há outros clubes interessados em Marcos Vinícius, não só a Chapecoense. Estamos conversando com os representantes do atleta para poder tomar a melhor decisão - explicou Barros. 

O elenco enxuto de 2019 faz parte do planejamento da comissão técnica, mas saídas já no decorrer do trabalho de Zé, como a de Aguirre, Arnaldo e a provável de Marcos Vinícius, mostram que o clube precisa passar a 5ª marcha no mercado e anunciar reforços o quanto antes - e para todos os setores.

Post Bottom Ad

Apostilas Opção