Ex-secretário da Cultura e do Turismo da Bahia, Paulo Gaudenzi morre aos 74 anos em Salvador - Observador Independente

Ex-secretário da Cultura e do Turismo da Bahia, Paulo Gaudenzi morre aos 74 anos em Salvador

Compartilhar
Ex-secretário da Cultura e do Turismo da Bahia, Paulo Gaudenzi morre aos 74 anos em Salvador — Foto: Reprodução/Facebook



Atualmente, o empresário era vice-presidente de relações institucionais da empresa Salvador Destination, que fomenta o turismo na capital baiana. Ainda não há informações sobre as causas da morte.

O empresário e economista Paulo Gaudenzi morreu nesta segunda-feira (4), aos 74 anos, em Salvador.

Paulo foi secretário da Cultura e do Turismo da Bahia e presidente da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa). Atualmente, ele era vice-presidente de relações institucionais da empresa Salvador Destination, que fomenta o turismo na capital baiana.

Ainda não há informações sobre as causas da morte e nem sobre o sepultamento do empresário. Por meio de nota, o prefeito de Salvador, ACM Neto, lamentou a morte de Paulo Gaudenzi e ressaltou a importância do empresário na época em que esteve à frente da Bahiatursa.

Ele (Paulo Gaudenzi) foi um inovador, sempre dedicado às causas do nosso estado. Aos familiares e amigos de Paulo Gaudenzi, os meus sentimentos. Que Deus dê forças a todos neste momento de profunda tristeza, 
diz o comunicado.

O superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, também emitiu nota de pesar. No comunicado, Diogo diz que o empresário "foi um grande nome para o turismo da Bahia. Um gestor que se dedicou a propagar nossas belezas naturais para o Brasil e o mundo".

O presidente da Fundação Gregório de Mattos, Fernando Guerreiro, também lamentou a morte de Paulo Gaudenzi. "Era um homem de extrema sensibilidade e competência". Sempre aberto às novidades, tratou a cultura com respeito e inteligência", diz, em nota.

Nas redes sociais, amigos de Paulo Gaudenzi também deixaram mensagens de pesar. "Vá em paz, querido amigo. Obrigado pelo legado que você deixa para o turismo baiano e brasileiro. Você sempre nos mostrou que o nosso turismo pode mais", escreveu um amigo.

Post Bottom Ad

VivaABahia