Ministro do Turismo tenta censurar jornal no caso dos laranjas, mas juíza nega liminar - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

26 de fevereiro de 2019

Ministro do Turismo tenta censurar jornal no caso dos laranjas, mas juíza nega liminar

Foto : Valter Campanato/Agência Brasil




Marcelo Álvaro Antônio entrou com um pedido para retirar do ar 13 reportagens da Folha sobre o esquema.



Agência Brasil 



A juíza Grace Correa Pereira Maia, da 9ª Vara Cível de Brasília, negou pedido de liminar feito pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, para que a Folha de S. Paulo retirasse do ar as reportagens que revelaram a ligação dele com um esquema de candidatas-laranjas do PSL em Minas Gerais.

Na decisão, datada do último dia 22, a magistrada afirma que os documentos apresentados pelo ministro "não estão aptos a atestar, de maneira idônea e inconteste, que as matérias jornalísticas veiculam conteúdo inverídico e/ou ilegal e/ou ofensivo à pessoa do autor".

O ministro pede que 13 reportagens sobre o caso sejam retiradas da internet e que o jornal seja condenado a pagar uma indenização de R$ 100 mil. A defesa de Álvaro Antônio alega que as reportagens da Folha pretendem "ofender, insultar e afrontar a honra" do político.

Post Top Ad

SCB