Mulher é abordada por desconhecido em banco, cai em golpe e perde mais de R$ 5 mil em Santo Antônio de Jesus - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

12 de fevereiro de 2019

Mulher é abordada por desconhecido em banco, cai em golpe e perde mais de R$ 5 mil em Santo Antônio de Jesus

Crédito da imagem :: Reprodução 


Vinícius Ribeiro / BNews


Uma vendedora autônoma foi vítima de um golpe dentro de uma agência da Caixa Econômica Federal, em Santo Antônio de Jesus (SAJ), no Recôncavo baiano. A ocorrência foi registrada por volta do meio-dia de domingo (10).

Em depoimento ao delegado plantonista da 1ª Delegacia Territorial, Washington Luís Sacramento, Maridalva da Hora Santos relatou que estava com dificuldade para realizar uma operação no terminal de autoatendimento, quando um homem se aproximou e ofereceu ajuda. A vendedora de cosméticos e rifas, que reside na zona rural de Conceição do Almeida, disse que rejeitou a oferta, mas mesmo assim acabou sendo lesada pelo desconhecido.
Eu não quis ajuda e ele disse que meu cartão estava bloqueado e conseguiu pegar minhas letras (combinação de segurança). Quando me distraí, ele pegou meu cartão, que é da mesma cor, e trocou com o dele. Na segunda-feira (11), quando eu fui depositar, dei por fé que não era meu cartão, aí vi que era outro nome no cartão (Clovis Francisco de Jesus), 
contou Maridalva ao BNews, estipulando que o magnético pertença a outra vítima do golpista. "Estou desesperada", afirmou. 

Ao consultar o extrato bancário, a vítima percebeu saques que somaram R$ 5.595, conforme registrado no boletim de ocorrência. Ela ainda descreveu o acusado: “Era branco, gordo, puxava de uma perna e vestia camisa vermelha”.

Delegado titular da 1ª DT, Orlando Corsino Junior confirmou o registro da ocorrência na unidade policial. Segundo ele, a ação criminosa descrita não é recorrente na cidade. 
As fraudes em geral contam com suas particularidades. É difícil a gente estabelecer uma fórmula de um tipo de golpe ou de fraude, mas, a princípio, é uma situação nova, de acordo com a forma que a vítima expressou, 
contou, explicando que o caso está em fase inicial de investigação. Imagens do circuito de vigilância da agência podem contribuir com a polícia.

Post Top Ad

SCB