Recuperação de infraestrutura ajuda revitalizar referência histórica do bairro Comércio, em Salvador - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

26 de fevereiro de 2019

Recuperação de infraestrutura ajuda revitalizar referência histórica do bairro Comércio, em Salvador

Crédito da foto :: Fera Palace Hotel / Reprodução



Dono de alguns cartões postais de Salvador, como o Mercado Modelo e o Elevador Lacerda, o bairro do Comércio já foi o “‘menino’ dos olhos” da cidade. Ostentou, por 400 anos, o título de único centro comercial da capital baiana. Contudo, o crescimento para outras áreas, como a região do antigo Iguatemi, trouxe mudanças nesse cenário.

Com o objetivo de resgatar a essência dos “tempos de ouro” do Comércio, o Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), deu início a uma série de obras de requalificação no bairro. Ao todo serão 46 ruas beneficiadas, junto com mais sete na Calçada, integrando, assim o “lote 1” do projeto “Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador”.

O foco inicial é na requalificação das calçadas, visando à acessibilidade, para depois pavimentá-las. “É uma das primeiras grandes obras brasileiras de urbanização que segue as normas de acessibilidade e o desafio de implantar melhorias em ruas e travessas antigas, estreitas e íngremes, muitas das quais nunca foram beneficiadas com intervenções do porte deste projeto”, explica Maurício Mathias, gestor da Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder).

Para o gerente de um café da região, Tailan Miranda, a expectativa é de que o movimento aumente, principalmente nesta época do ano, quando grandes navios atracam no Porto de Salvador, localizado no Comércio. “Já vemos algumas melhorias, como a Praça da Inglaterra, que ficou muito bonita”, diz.

DIÁLOGO ABERTO

Os serviços que estão sendo realizados seguem planejamento que prevê a mobilização da equipe do Social, que entra em cena antes da obra começar, para conversar com os moradores. O momento é para observar particularidades como moradores que precisem de cuidados especiais, como cadeirantes e idosos.

No Comércio e Calçada – onde os serviços foram concluídos em 35 ruas, 11 estão em execução e em sete as obras vão iniciar -, a Associação de Empresários do Comércio (Aecom) criou uma Comissão de Acompanhamento de Obra (CAO). Os comerciantes elegem representantes e, a partir de reuniões mensais e visitas de campo, recebem esclarecimentos sobre os serviços executados pela equipe de Engenharia da Conder. Assim, eles repassam as informações para os demais interessados.

Se ainda assim restar dúvida, a Conder coloca à disposição o número 3116-6760 para esclarecimentos sobre o projeto, das 8h30 às 12h e de 13h30 às 18h (de segunda à sexta-feira), além de um e-mail.
Crédito da foto :: Divulgação/Conder



PELAS RUAS

Com foco na melhoria da acessibilidade em mais de 300 ruas da região central da cidade, o Governo do Estado vem realizando obras de requalificação de calçadas e pavimentação de vias. Com o “Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador”, em execução pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado, estão sendo investidos R$ 124 milhões. Os serviços já foram concluídos em 209 ruas e em 20 estão em andamento.

As obras estão sendo executadas por etapas, simultaneamente, em diferentes pontos da região. Assim, os bairros próximos foram interligados por cinco lotes, sendo quatro com obras já iniciadas. Inicialmente, é realizada a requalificação das calçadas com melhorias na acessibilidade para depois ser feita a pavimentação em paralelepípedo ou asfalto. Trata-se de uma intervenção diferente, se comparada com as demais que estão sendo executadas em bairros mais novos da cidade.

“Um dos principais desafios do projeto é implantar melhorias na acessibilidade em ruas antigas, estreitas e íngremes, muitas das quais nunca foram contempladas com nenhum tipo de intervenção. Nossa proposta é oferecer soluções para garantir a todos os cidadãos o direito de transitar com segurança e conforto pelo Centro Antigo de Salvador”, declara o gestor da Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder), Maurício Mathias, responsável pela execução do projeto.

Post Top Ad

SCB