Segurança afirma ter agido em defesa e diz que foi desarmado por vítima no mercado - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

16 de fevereiro de 2019

Segurança afirma ter agido em defesa e diz que foi desarmado por vítima no mercado

Crédito da foto :: Reprodução/Twitter



Davi Ricardo ainda conta que a vítima chegou a apontar a arma para presentes no local.



O segurança Davi Ricardo Moreira, suspeito de matar um homem após imobilizá-lo e sufocá-lo ontem (14) dentro de um mercado no Rio de Janeiro, disse que foi ameaçado e que não apertou o pescoço da vítima, Pedro Henrique Gonzaga, de 25 anos.

Segundo depoimento do segurança, ele apenas imobilizou o rapaz com o peso do corpo por cima da vítima. Ele afirma que Pedro Henrique repetia: “Vou matar! Vou matar!”.

A versão de Davi é de que o jovem simulou um ataque epiléptico e, quando o segurança se aproximou para prestar os primeiros socorros, teve a arma retirada do corpo. Pedro Henrique teria chegado a apontar a arma para presentes no local, mas foi parado antes de cometer algum crime.

Post Top Ad

SCB