SMT reúne entidades para debater ordenamento do trânsito em eventos esportivos em Feira de Santana - Observador Independente

SMT reúne entidades para debater ordenamento do trânsito em eventos esportivos em Feira de Santana

Compartilhar
Crédito da foto :: Secom /Prefeitura F Santana / Divulgação




Entre os anos de 2017 e 2018, houve um aumento de 70% no número de eventos desta natureza em Feira de Santana.


A superintendência Municipal de Trânsito de Feira de Santana realizou na sexta-feira (15) no auditório do Ceaf, uma reunião com os representantes de entidades organizadoras de eventos esportivos, em especial as corridas de rua, para tratar do ordenamento do trânsito durante estes eventos. 

Além de representantes dos grupos de corrida e entidades envolvidas neste esporte, como academias, clubes, Sesc e associações, estiveram presentes representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer.

Entre os anos de 2017 e 2018, houve um aumento de 70% no número de eventos desta natureza em Feira de Santana. Com isso, a SMT teve a iniciativa de alinhar estas entidades, as regras previstas no Código Brasileiro de Trânsito, no artigo 67 da lei 9.503/97, também conhecida como “permit”, que regulamenta e exige a autorização prévia para corridas de rua ou competições e ensaios em vias abertas. Além de fazer ajustes para que a SMT consiga dar o melhor apoio aos eventos, diminuindo os impactos causados por estes no trânsito.

De acordo com o Superintendente Municipal de Trânsito, Mauricio Carvalho, a cidade ganha muito com o esporte, mas é preciso que haja organização e principalmente segurança. 

Precisamos acima de tudo zelar pelas vidas, prezar pela segurança de quem participa dos eventos, como também da população em geral. Fico agradecido pela participação de todos os envolvidos aqui presentes, porque significa que todos se preocupam com a nossa cidade, 
comenta.

A partir de agora, todos os eventos deverão ser comunicados e protocolados com um prazo de no mínimo 90 dias de antecedência aos órgãos competentes, sendo eles Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer; Secretaria de Transporte e Trânsito; Polícia Militar e Superintendência Municipal de Trânsito para dar parecer técnico sobre a viabilidade do evento. Também foram sugeridos locais mais adequados para receber os eventos de acordo com o seu porte e tamanho de percurso.

O vice-presidente da Federação Baiana de Atletismo e integrante da Secel, Antonio Carlos Rocha, falou da importância da notificação destes eventos para as devidas orientações. 

Além de conseguirmos dar orientações sobre como realizar o evento da melhor forma possível, notificamos a Federação Baiana de Atletismo que em posse destas datas, dará o apoio quando necessário e fará uma agenda de eventos completa, beneficiando a todos, 
afirma. 

Uma agenda anual de eventos esportivos locais será elaborada para proporcionar maior organização e segurança para os participantes e para o trânsito.

O Esportista Gil Leal, um dos organizadores de eventos esportivos, comentou sobre sua preocupação em promover eventos com organização e segurança na cidade. “Este tipo de regulamento nos ajuda a nortear o nosso planejamento e trazer mais segurança para a prática do esporte e da atividade física. É uma iniciativa bem interessante porque a gente sentia falta de um alinhamento do poder público conosco, para que juntos possamos fazer eventos melhores, mais organizados e mais seguros para a população”.

O resultado desta reunião vai se transformar em uma portaria, a qual será publicada pela SMT e deverá ser cumprida por todos os interessados.

Post Bottom Ad

VivaABahia