Vídeo registra momento em que homem mata taxista em briga de trânsito na Paraíba - Observador Independente

Vídeo registra momento em que homem mata taxista em briga de trânsito na Paraíba

Compartilhar
Gustavo Teixeira Correia, de 42 anos / Crédito da foto :: Reprodução Redes Sociais



Câmeras de segurança de uma rua movimentada da cidade de João Pessoa (PB) flagraram o assassinato de um taxista durante uma briga de trânsito nesta sexta-feira (16). A discussão entre Gustavo Teixeira Correia, de 42 anos, e Paulo Damião dos Santos, também de 42 anos, durou cerca de nove segundos até o momento em que o suspeito saca a arma e dispara diversas vezes contra a vítima. As informações são do G1 Paraíba.

Nas imagens, é possível ver que o corretor de imóveis está no banco do passageiro de um carro enquanto o taxista faz uma manobra. Na ocasião, o motorista do aplicativo se aproxima do táxi e, então, a vítima pede que ele se afaste.

ASSASSINATO A SANGUE FRIO 

Em seguida, o suspeito sai do carro em direção ao táxi para falar com Paulo Damião. Após nove segundos de discussão, Gustavo saca a arma e atira diversas vezes contra a vítima. Após o crime, ele sai caminhando normalmente para a casa que fica a 50 metros do local. A polícia precisou negociar durante cinco horas para que ele fosse preso.

A Polícia Militar informou ao G1 que, no momento do homicídio, o suspeito estava bêbado e estava sendo levado para a casa por um motorista de um aplicativo.

O corretor de imóveis, que possui curso de tiro, foi autuado em flagrante por homicídio culposo. Ao G1, o advogado do suspeito informou que ele foi levado pelo batalhão porque possui curso superior completo.

"Gustavo permaneceu toda a audiência em silêncio. Nós vamos recorrer da decisão da Justiça", disse o advogado Werton Jr ao G1.

O coronel da PM, Lívio Delgado, contou ao G1 que o suspeito reclamou com o taxista e que a vítima teria respondido com um xingamento.

O taxista era casado e pai de dois filhos, uma jovem de 20 anos e um menino de 8. O irmão da vítima contou que ele nunca se envolveu em uma briga de trânsito apenas de trabalhar diariamente com o táxi.

Já o suspeito, Gustavo Teixeira, é casado e pai de uma menina de 10 anos. Fotos mostram ele com segurando armas, um revólver e uma arma longa, que foram divulgadas pela TV Cabo Branco. A arma que foi usada no homicídio ainda não foi encontrada.



iBahia

Post Bottom Ad

VivaABahia