Após denúncia de regalias em presídio de Feira de Santana, SEAP se pronuncia - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

29 de março de 2019

Após denúncia de regalias em presídio de Feira de Santana, SEAP se pronuncia


Após denúncia do Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia (Sinspeb), a respeito de regalias de presidiários do 9º pavilhão do Conjunto Penal de Feira de Santana, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP-BA) se posicionou sobre o assunto nesta quinta-feira (27/3).

De acordo com o órgão, não existe qualquer tipo de “regalia” para os detentos do pavilhão que fuja ao tratamento dado aos outros do mesmo perfil de cumprimento de pena. Por meio de nota, a Secretaria afirma que o uso de televisores é “criteriosamente controlado”, atende ao Estatuto Penitenciário do Estado da Bahia e é abrangente a todos os detentos do Conjunto Penal.

Sobre o bebedouro encontrado na cela, a Secretaria também diz que não há irregularidade. “Trata-se de uma prática eficaz à humanização da pena, disponibilizada a todos os detentos, e não há alguns, como diz equivocadamente a denúncia”.

Ainda de acordo com o comunicado, os materiais apreendidos após a fuga do último sábado (23/3) constam em relatório. Segundo a Secretaria, foram registradas a apreensão de 5 celulares, facas artesanais e pequenas porções de entorpecentes. Não houve registro de alimentos “in natura” nas celas.


Crédito da Foto: divulgação/Sinspeb


Post Top Ad

SCB