MP investiga alojamentos de jogadores adolescentes do Bahia e Vitória - Observador Independente

MP investiga alojamentos de jogadores adolescentes do Bahia e Vitória

Compartilhar
Crédito da imagem :: Divulgação 



Jairo Costa Júnior, com Luan Santos
Correio24Horas



O Ministério Público do Estado (MP) abriu uma investigação para apurar as condições dos dormitórios que abrigam jogadores adolescentes do Bahia e do Vitória, além de outros clubes do futebol baiano. 

A apuração foi iniciada após o incêndio no centro de treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro, que provocou a morte de dez atletas, todos das categorias de base do time. O procedimento, aberto oficialmente no final do mês passado, é conduzido pela promotora Anna Kristina Santos Lehubach Prates, da 3ª Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude. 

O Fazendão e a Toca do Leão devem ser vistoriados. Outras equipes com sede na capital baiana, como Ypiranga e Galícia, também estão na mira.

Tricolor desbotado

Em 2017, o Bahia foi autuado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) por trabalho infantil nas divisões de base. Investigações apontaram que o clube mantinha oito meninos com idade de até 14 anos alojados em casas de família nas proximidades do Fazendão.

Post Bottom Ad

VivaABahia