Mulher é assassinada horas após registrar queixa contra o namorado - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

12 de março de 2019

Mulher é assassinada horas após registrar queixa contra o namorado

Imagem :: Reprodução/Redes sociais 




Mais um feminicídio chocou o Brasil nesta segunda-feira (11). Poucas horas após registrar uma queixa contra o namorado, Lidiane Oliveira, 24 anos, foi morta a facadas por ele dentro de casa, no Paraná. Jhonatan Campos, 22 anos, ainda esfaqueou a sogra, que está internada no Hospital Regional de Ponta Grossa.

O crime aconteceu na madrugada de domingo (10) e o feminicida está foragido. O delegado Nagib Palma contou que o casal se desentendeu na noite do dia anterior após saírem para um barzinho. Ele acredita que o motivo da briga tenha sido ciúmes. Jhonatan chegou a quebrar um objeto, fazendo com que Lidiane saísse de casa para chamar a Polícia Militar. Os oficiais foram até o local e registraram um boletim de ocorrência.

Cerca de duas horas se passaram e o assassino conseguiu entrar pelos fundos da casa. Lidiane estava no banho quando foi esfaqueada. Ela saiu pedindo socorro, mas acabou não resistindo. A mãe dela, Rosa Aparecida de Oliveira, tentou ajudá-la, mas recebeu golpes de faca também e foi levada para o hospital. 

Amigos de Lidiane têm usado as redes sociais para pedir justiça, compartilhando imagens do feminicida e um print de uma postagem que ele teria feito, homenageando Lidiane dias antes por causa do Dia Internacional da Mulher (8). "Então hoje é dia das mulheres né, mas especialmente dessa mulher que divido uma vida, essa mulher maravilha, dedicada, objetiva e estupenda, uma mulher que qualquer homem queria ter. Todos tempos uma mulher que amamos, sendo ela mãe, amiga, namorada ou esposa, eu tenho a minha, a mulher da minha vida, que me apaixono todos os dias e sou grato por ela estar comigo, feliz dia da mulher. Eu amo você", diz a publicação.

Post Top Ad

SCB