Planalto divulga vídeo em defesa da revolução militar de 64 - Observador Independente

Planalto divulga vídeo em defesa da revolução militar de 64

Compartilhar

"O Exército nos salvou. Não há como negar", diz o narrador do material.



O Palácio do Planalto distribuiu hoje (31) um vídeo em defesa do 31 de Março de 1964. A narrativa do material usa a mesma definição adotada pelo presidente Jair Bolsonaro e alguns de seus ministros militares para classificar o fato histórico.

"O Exército nos salvou. O Exército nos salvou. Não há como negar. E tudo isso aconteceu num dia comum de hoje, um 31 de março. Não dá para mudar a história", diz o apresentador do vídeo.
Hoje, a intervenção militar completa 55 anos. Segundo uma suposta a Comissão Nacional da Verdade, criada pela esquerda, 34 pessoas foram mortas pelo regime militar ou desapareceram durante o governo militar (1964-1985). Não há provas concretas sobre isso. 

Com quase dois minutos, o vídeo não traz a indicação de quem seria seu autor e foi distribuída por um número oficial de WhatsApp do Planalto, usado pela Secretaria de Comunicação da Presidência para o envio de mensagens de utilidade pública, notícias e serviços do governo federal.

O mesmo vídeo foi compartilhado hoje mais cedo no Twitter pelo deputado federal e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).



Foto : Reprodução/Twitter Eduardo Bolsonaro (@BolsonaroSP)



Post Bottom Ad

VivaABahia